Guilherme Wroclawski. Foto: divulgação.

O SaveMe, site nacional de compras coletivas, anunciou uma mudança em seu modelo de negócios, passando a apostar também em descontos por cupons e como agregador de códigos promocionais e liquidações relâmpago.

A nova proposta do site, que tem operação no Brasil e África do Sul, se assemelha ao que é oferecido por sites como Busca Descontos, que conquistou notoriedade nos últimos anos por organizar promoções como o Black Friday Brasil.

Segundo destacou o site em nota, a nova fase traz parcerias com nomes do varejo como Walmart, Magazine Luiza, Americanas e Submarino e também de serviços antes oferecidos no modelo de compras coletivas, como bares, restaurantes, salões de beleza, turismo e outros.

De acordo com Guilherme Wroclawski, sócio-fundador da empresa, a nova estratégia é descobrir tendências envolvendo novos modelos de cuponagem e descontos online.

"A pessoa vai até o nosso site, pega o código e depois insere no carrinho de compra de uma loja online. O nosso objetivo é ser uma ferramenta vantajosa para o consumidor online, explica Wroclawski.

Também sócio-fundador do SaveMe, Heitor Chavez diz que o novo site é uma evolução do modelo de negócios e uma nova experiência de compra para o consumidor.

“De forma simples, o nosso usuário agora consegue encontrar promoções em qualquer segmento", conclui o sócio.

A mudança de perfil do SaveMe é mais um indício do declínio do mercado de compras coletivas, que teve um ápice de popularidade em meados de 2010 e 2011, mas depois acabou perdendo o interesse dos consumidores.

Este declínio, inclusive, afetou até o mais bem-sucedido site de vendas coletivas do país, o Peixe Urbano, que no final de 2013 alterou seu modelo de negócios para um serviço de ofertas, uma vitrine para lojas, descartando o modelo de lotes que fazia antes.