Samsung apresenta seus novos Galaxy Tab S. Foto: divulgação.

A Samsung anunciou o lançamento de novos aparelhos em sua linha de tablets, dessa vez para acirrar a briga na faixa de preços acima dos R$ 1,5 mil, o chamado segmento premium, onde o iPad, da Apple, ainda lidera.

Segundo informa o Valor, os novos aparelhos, da linha Galaxy Tab S, custarão R$ 1,8 mil (tela de 8,4 polegadas) e R$ 2 mil (10,5 polegadas) e devem chegar no mercado até o final deste mês.

A manobra da Samsung vai um pouco na contramão de outros fabricantes, que apostam em linhas mais acessíveis para conquistar o consumidor médio, com preços na casa dos R$ 500. Recentemente, fabricantes como HP e Acer anunciaram produtos com preços e configurações mais modestas.

A Samsung também tem uma fatia do mercado com produtos como o Galaxy Tab 3, com preços na faixa dos R$ 500. Entretanto, para Roberto Soboll, diretor de produtos da fabricante sul-coreana, a fatia de faturamento dos tablets premium ainda é representativa.

"Os produtos mais caros estão acompanhando o crescimento do mercado, não perdem participação", frisou Soboll.

Para João Pedro Flecha de Lima, vice-presidente da Samsung, os novos produtos funcionam como um complemento aos itens da que já estão nas lojas, e atraem consumidores que buscam recursos mais avançados.

"Recentemente, lançamos o smartphone Galaxy K Zoom, com zoom óptico de até dez vezes. Com ele você faz imagens de alta qualidade e no Tab S você as exibe com alta resolução", disse.

Ainda assim, mesmo com os lançamentos visando a linha premium, o mercado de tablets se concentra em preços mais baixos. Segundo dados do IDC, 55% dos tablets vendidos no Brasil em 2013 custaram até R$ 500.

No caso do iPad, o aparelho mais visado quando se trata de tablets mais caros, até mesmo o produto da Apple está sofrendo seus baques. Segundo o site Quartz, a Apple registrou no primeiro semestre de 2014 vendas de 13 milhões de unidades, 9% a menos que o mesmo período no ano passado.