Enio Klein, CEO da Doxa Advisers. Foto: Divulgação.

A Doxa Advisers, consultoria especializada em gestão e produtividade em TI, firmou uma parceria com a Pipefy para oferecer aos clientes a plataforma online de gestão de processos. 

O software funciona por meio de cards e checklists e é utilizado por mais de 15 mil empresas em cerca de 140 países. Entre os clientes da solução estão Accenture, Visa, Volvo e GE.

Enio Klein, CEO da Doxa Advisers, relata que conheceu a plataforma após uma pesquisa para um cliente de consultoria que buscava soluções tecnológicas para gerenciamento de processos.

“A Pipefy foi escolhida por ser uma empresa inovadora ao implementar gerenciamento de processos utilizando Kanban com recursos de automação (sistema que auxilia o acompanhamento dos fluxos de produção). Não só a recomendamos ao nosso cliente, como também passamos a ser usuários do sistema”, afirma Klein.

A parceria para oferecer o sistema surgiu em função de uma necessidade da Doxa em prover ferramentas que pudessem se integrar à plataforma da empresa para ambiente de trabalho digital. 

Os projetos envolvem, principalmente, capacitação; mapeamento, desenho ou otimização dos processos organizacionais; automação e, finalmente, a melhoria contínua com a implantação do Escritório de Processos.

“Os Escritórios de Processos são componentes fundamentais desta plataforma. A utilização do Kanban para esse objetivo não é somente uma tendência, como também uma vantagem competitiva para as empresas, já que a implementação, a usabilidade e o custo de propriedade são bem mais baixos do que o uso de BPMS (Business Process Management Systems)”, reforça Klein.

Com o software, a Doxa poderá oferecer suporte também para gerenciamento de equipes e tarefas, de forma integrada;

“Nosso objetivo não é atuar como simples distribuidor de software, mas apoiar as empresas na melhoria da eficácia operacional. Sendo assim, a ferramenta se torna um instrumento necessário para esta missão”, finaliza o CEO da Doxa.

Com a parceria, ele estima um crescimento de 5% a 10% no faturamento ainda este ano.

Neste ano, a Pipefy levantou US$ 16 milhões em sua rodada de investimentos Série A, encabeçada pela OpenView Partners, firma de venture capital focada em empresas em fase de expansão, e a Trinity Ventures.

A Redpoint Ventures e a Valor Capital, que já haviam investido na startup, também participaram da rodada. 

Outros investidores da companhia são a 500 Startups, o Founders Fund (do fundador do Paypal, Peter Thiel) e os fundadores da Zendesk, Morten Primdahl e Alexander Aghassipour.

Há pouco mais de um ano, a Pipefy lançou um programa de canais voltado para consultores de TI, gestão de processos de negócios e de outsourcing. A empresa divulgou a meta de fechar o ano de 2017 com 500 parceiros em todo o mundo.