Acordo é voltado para pequenas clínicas.

Tamanho da fonte: -A+A

A SAP oferecerá, por meio do parceiro G2 Tecnologia, o sistema de gestão Business One na nuvem em condições especiais para as 34 mil clínicas associadas à  Federação e no Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo [Fehoesp e Sindhosp].

A G2 é  parceira de OEM [Original Equipment Manufacturer] da SAP e está habilitada a fornecer ao mercado a solução Health One, desenvolvida na plataforma SAP Business One, com soluções acessíveis e modulares para a gestão dos processos.

A promessa é uma implementação em cinco etapas com prazo máximo de 60 dias em uma clínica que conta com 10 a 15 usuários.

“Esse é um modelo que segue as tendências de mercado, com novas funcionalidades e flexibilidade de contrato, conferindo melhor gestão dos processos e maiores lucros para as empresas”, afirma Gilberto Vieira, diretor executivo da G2 Tecnologia. 

O acordo anunciado com as entidades representantes de clínicas faz parte de um esforço mais amplo da SAP por atingir clientes de menor porte “no atacado” usando canais especializados como a G2.

Em julho do ano passado, a então VP de Ecossistema e Canais do Brasil da SAP, Sandra Vaz, promovida recentemente ao mesmo cargo para a América Latina, revelou planos de fechar acordos do gênero com 50 grandes empresas do país.

O objetivo é atingir com o Business One um número estimado em 200 mil companhias menores que atuam em sinergia com os grandes clientes da SAP.

No mercado brasileiro desde 2006, o B1 ainda não tem uma base expressiva no Brasil, tendo em conta o poderio da empresa alemã. As últimas informações obtidas pelo Baguete falam em uma base de 1,7 mil clientes.

A pesquisa sobre o mercado de ERP da Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV) para o ano de 2013 aponta uma participação de 9% da SAP no mercado de empresas com até 170 teclados, o mercado alvo do B1. A Totvs domina com 52%.