Tamaris Parreira.

Tamaris Parreira, ex-diretora de alianças e canais para venda de nuvem da Oracle, acaba de assumir o cargo de diretora para alianças na América Latina da Medallia.

A Medallia é uma startup fundada em 2001 em São Francisco, focada no nicho de pesquisas de satisfação de cliente e monitoramento da experiência do consumidor, área conhecida no jargão como UX.

A empresa está em alta, tendo iniciado no ano passado as movimentações para abrir capital na bolsa, depois de levantar mais de US$ 300 milhões de investidores.

Segundo o Baguete pode apurar, a Medallia já tem clientes como  XP, Vivo, Claro e Hilton no Brasil.

Parreira esteve na Oracle nos últimos dois anos. Antes, passou por cargos na área de vendas e canais na AWS, Infor, Bentley, Autodesk e SAP.

A executiva responde diretamente para um VP na sede e tem a missão de desenvolver vendas por meio de parceiros, indo desde grandes integradores de sistemas até consultorias de software.

Parreira não é a única contratação da Medallia no Brasil. 

Recentemente, a empresa também contratou Vitor Vicente, ex-head de vendas para Telecom, Midia e IT da Serasa e Marilia Ferragut, executiva de contas enterprise da Salesforce, para trabalharem na sua área de vendas no país. 

O assunto UX é quente em nível mundial e começa a ter desdobramentos também no Brasil. 

No final de 2018, a SAP desembolsou US$ 8 bilhões para comprar a Qualitrics, uma companhia que concorre na mesma área.

Foi a maior aquisição de uma companhia de software como serviço já feita pela SAP e, na indústria em geral, só fica atrás da compra da Netsuite pela Oracle, um negócio de US$ 9,3 bilhões fechado em 2016.

Na época, a Qualitrics tinha uma base pequena de 40 clientes no Brasil, que incluía nomes como Fast Shop, Mercedes-Benz e Serasa.

O produto foi um dos grandes temas da SAP no SAP Now realizado em São Paulo no ano passado. 

Desde então, a SAP desenvolveu algumas integrações entre seu software e a plataforma de experiência do cliente da Qualitrics, algumas delas focadas na experiência interna dos funcionários.