A HP planeja demitir de 25 mil a 30 mil colaboradores globalmente, ou 8% de sua equipe total, segundo divulgado pelo The Wall Street Journal.

O jornal, que cita fontes ligadas à empresa, destaca que as demissões fazem parte de uma reestruturação ligada à fusão, em março de 2011, das áreas de impressoras e PCs da companhia.

Segundo as fontes ouvidas pelo diário norte-americano, os cortes serão voltados a reduzir custos, dentro do plano que o conselho de administração da HP já debate há cerca de um ano e meio, quando a receita da multi demonstrou queda.

Oficialmente, a HP deverá anunciar os cortes na apresentação dos resultados do próximo trimestre, segundo o jornal, que afirma também ter procurado a cúpula da empresa, que não quis comentar o tema.

A previsão de demissões não impactaram negativamente as ações da HP.