O conceito é o mesmo do bilhetinho anônimo aquele.

Tecnosinos e Tecnopuc, dois dos maiores parques tecnológicos do Rio Grande do Sul, entraram na moda das páginas do tipo Spotted no Facebook,  fan pages que se propõe a ajudar funcionários de empresas instaladas nos parques a iniciarem relacionamentos.

Uma das últimas modas desse gerador infinito de modismos que é a Internet, as páginas do tipo são criadas no Facebook por administradores que se dispõem a publicar, sem revelar o nome, comentários sobre indivíduos desconhecidos considerados atraentes.  

Como resume a descrição do perfil do Tecnosinos: “Pegou o elevador com aquela gatinha mas faltou coragem de puxar assunto? O bonitão deu uma encarada no Ramblas, mas vc não sabe nem o nome? Mande pra gente o recado que tudo entra na página com anonimato, e tentamos dar um jeito”.

[O Ramblas é o restaurante a quilo instalado dentro na Unitec e, ao que parece, point da paquera local].

A partir do recado outros usuários podem identificar o alvo original da admiração, fazendo com que o admirador possa se dedicar a arte do stalking online, ou criar coragem e tomar uma atitude.

Vale lembrar - já que em breve as páginas podem causar problemas com cônjuges ciumentos - que as iniciativas não tem a chancela oficial dos parques.

No caso do Spotted Tecnosinos, são até o momento 131 seguidores. O do Tecnopuc tem um pouco menos, 119. O Spotted PUC-Rio, um dos primeiros a inaugurar a moda mundial no Brasil, já tem 11 mil membros.

Como são anônimos, os posts demonstram uma verve e um atrevimento que não é muito visto na vida real.

“Recepcionista da SAP, hoje desfilando pelo estacionamento e testando o meu auto-controle, pena que namora! Vem comigo que te dou casa, comida, roupa lavada e suporte ao notebook. Continua me provocando assim que te pago uma torrada do Tchê Café, sua linda!”, diz um dos posts da Tecnosinos.

A recepcionista em questão já se identificou. Ela é mesmo muito bonita, mas pretende ficar com o namorado.