FUTURO

Volkswagen: € 27 bilhões em software

17/11/2020 15:53

Valor é mais de um terço do orçamento da empresa para tecnologias futuras.

Volkswagen precisa melhorar muito seu software. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Volkswagen vai investir € 27 bilhões em desenvolvimento de software nos próximos cinco anos

O valor é o dobro do previsto no planejamento anterior e mais de um terço de todo o orçamento de € 73 bilhões para novas tecnologias previsto pela montadora alemã.

"Nos próximos anos, será crucial também alcançar uma posição de liderança em softwares para o carro para atender focaremos nossos esforços para também alcançar uma posição de liderança em softwares para atender às necessidades de uma mobilidade individual sustentável e totalmente conectada”, afirma Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen. 

A parcela da empresa em softwares próprios deverá aumentar de 10% para 60% até 2025.

Dentro da estratégia de se tornar uma “empresa de mobilidade digital”, a Volkswagen está colocando dinheiro ainda em eletrificação e motores híbridos, que levam juntas € 46 bilhões.

Nos próximos dez anos, até 2030, o Grupo pretende lançar aproximadamente 70 veículos totalmente elétricos. Cerca de 20 deles já estão em produção e serão seguidos por mais 50. 

Além disso, cerca de 60 híbridos estão planejados para o final da década, pouco acima da metade dos que já estão sendo fabricados.

A meta é vender aproximadamente 26 milhões de carros totalmente elétricos até 2030. 

O resumo da ópera é: a Volkswagen não quer ficar para trás de novos competidores, dos quais o mais temível é a Tesla.

Para isso, a companhia tem que criar carros elétricos, mas também melhorar muito o software que roda neles, o que hoje é um ponto fraco da VW, que, como a Alemanha em geral, é boa de engenharia, mas não tão boa de código.

No ano passado, a Volkswagen criou uma unidade chamada Car.Software, com a meta de contratar 5 mil desenvolvedores até 2025.

A meta é criar uma plataforma base com funcionalidades básicas para todas as marcas da montadora. 

A coisa não começou bem, no entanto. O ID.3, primeiro carro elétrico da Volkswagen, teve seu lançamento na Alemanha atrasado de agosto para setembro por problemas justamente no desenvolvimento do software.

A experiência de usuário do carro, que deveria ser o diferencial e uma resposta à Tesla, acabou deixando a desejar. O carro foi lançado com uma versão simplificada.

Os compradores devem atualizar o software em uma concessionária, porque as unidades no mercado até agora não tem atualização pela nuvem, o que é uma feature da Tesla.

Veja também

PERSPECTIVA
O Brasil descobre a Tesla

Quais as chances reais por trás da falação em torno da possível vinda da Tesla para o país?

MOBILIDADE
Itaú lança serviço de compartilhamento de carros elétricos

Projeto piloto deve entrar em operação na cidade de São Paulo em fevereiro de 2021.

AGRIDOCE
Battery Day da Tesla empolga e decepciona

Evento trouxe boas novidades sobre engenharia de produção. Para o mercado, pode ter sido um banho de água fria.

AUTO
Governo do Paraná utiliza elétricos da Renault

No uso compartilhado por servidores públicos, reservas são feitas por meio do aplicativo MoVe.

LIMPO
Uber: frota 100% elétrica até 2040

App de transporte promete colocar US$ 800 milhões na iniciativa. Faz diferença?

CARROS
Renault aposta na nuvem do Google

Montadora vai usar tecnologia do Google em 22 plantas em todo o mundo. 

MOBILIDADE
Tembici capta US$ 47 milhões

Investidores estão apostando em uma ascensão das bicicletas no cenário pós-pandemia. 

ESTACIONADOS
160 mil motoristas devolvem carros a locadoras

Para manter quem dirige para aplicativos, empresas já oferecem aluguel por R$ 10 semanais.

INDÚSTRIA 4.0
GM tem impressão 3D com a Stratasys

Montadora vai produzir 30 mil unidades de ventiladores para UTIs até o fim de agosto.

MÃO NA RODA
Volkswagen Financial Services usa RPA da UiPath

Robôs estão renegociando contratos em grandes volumes devido à pandemia.

AUTOMOTIVO
GM dá descontos de até R$ 36 mil

Em corrida para vender carros na crise, Peugeot oferece cashback e Fiat tem a primeira parcela em 2021.

MOBILIDADE
Toyota faz aposta em carro voador

Os chamados eVTOL são a nova febre futurista, com diversos projetos rodando.