CEO Global da ADP, Carlos Rodriguez, cortou a fita do novo ADP Labs.

A ADP, gigante de  soluções de processamento de folha de pagamento, acaba de investir R$ 2 milhões no seu laboratório de inovação em Porto Alegre, com o objetivo de aumentar o quatro de 300 funcionários em 20% ainda em 2020.

As vagas disponíveis incluem programadores full stack & front end, engenheiros de qualidade e automação de software, product owners, UX e arquitetos seniores de desenvolvimento de software.

“A expansão concretiza nosso crescimento constante, tornando o laboratório uma referência em tecnologia em Porto Alegre e um polo de criação de projetos desafiadores e inovadores para todo o mundo”, aponta Cesar Marinho, presidente da ADP Brasil para a América Latina.

Além da ampliação de espaço e das contratações, a ADP fez algumas mudanças como novos layouts e espaços físicos de convivência com um design “open office”, dentro das novas tendências de ambiente de trabalho. 

O plano é passar a receber eventos de tecnologia dentro do escritório, algo que também está em alta.

“O objetivo é aproximar e priorizar a interatividade das pessoas, que já atuam em projetos globais, utilizando metodologias ágeis para o desenvolvimento de produtos”, conta Julio Hartmann, vice-presidente da ADP Brazil Labs.

O lançamento foi prestigiado, com direito a presença do CEO Global da ADP, Carlos Rodriguez, e outros executivos de calibre mundial da empresa nas áreas de RH e Inovação. 

A equipe brasileira, que faz desenvolvimento de produto offshore diretamente para a matriz, aproveitou para apresentar iniciativas recentes.

A ADP tem inclusive um programa, pelo qual cada pedido de patente feito a partir do trabalho de um funcionário gera um bônus de US$ 1 mil. Nos últimos dois anos 24 brasileiros já ganharam o prêmio.

“Nossos colaboradores têm oportunidade de desenvolver projetos internacionais em parceria com outros laboratórios de inovação, como o de Nova Iorque, mantendo sua carreira aqui no Brasil ou, até mesmo, trabalhando como expatriado”, explica Hartmann.

A ADP teve um faturamento de US$ 13,3 bilhões em 2018 e está presente no Brasil desde 1966.