A Adyen é fornecedora de tecnologia para pagamentos multicanal. Foto: Divulgação.

A Adyen, fornecedora de tecnologia para pagamentos multicanal, recebeu um aporte financeiro do fundo General Atlantic. O valor de US$ 250 milhões será destinado para desenvolver e acelerar a plataforma de pagamentos. A rodada de financiamento contou também com a participação da Temasek, Index Ventures e Felicis Ventures.

A tecnologia oferecida pela Adyen possibilita que lojistas aceitem pagamentos em qualquer lugar do mundo. 

"Em um mundo onde os consumidores de diferentes regiões variam na forma como eles preferem pagar por seus produtos e serviços, comerciantes líderes no comércio eletrônico dependem de empresas como a Adyen para alavancar o comércio global”, diz Pieter van der Does, CEO da Adyen. 

Atualmente, mais de 3,5 mil marcas utilizam a solução Adyen globalmente, entre elas, as 4 das 5 maiores empresas de internet dos Estados Unidos, incluindo o Facebook, que processa transações globais para jogos e publicidade em 137 países na América do Norte, América do Sul, Europa, Ásia e Austrália.

O Spotify também utiliza o sistem e permite compras de assinaturas em 58 países e 22 moedas diferentes. Já o Airbnb oferece métodos de pagamento locais para seus clientes globais e hosts, incluindo Alipay, na China.

A Adyen administra transações de ponta a ponta por meio de conexões diretas com todas as principais empresas de cartões de crédito e aceita mais de 250 métodos de pagamento, incluindo a Apple Pay, Alipay (China), Boleto Bancário (Brasil), Qiwi (Rússia), débito direto SEPA (Europa) e Konbini (Japão). 

"Além do crescimento exponencial do e-commerce, vemos também um aumento na demanda do consumidor por experiências integradas entre o ponto de venda e as compras online. Considerando as oportunidades inerentes a essas duas tendências, acreditamos que Adyen está muito bem posicionada para expandir a sua posição como a principal solução global de pagamentos nos próximos anos", afirma Jonathan Korngold, Managing Director e Head da General Atlantic.

A empresa opera no Brasil há três anos. Por aqui, um dos clientes é a Azul Linhas Áereas.

Quem lidera a empresa no país e na América Latina é Jean Christian Mies. Antes de ingressar na Adyen, ele trabalhou como diretor de Operações da Western Union Financial Services. Ele vive em São Paulo.

Fundado em 1980, o General Atlantic possui aproximadamente US$ 20 bilhões em ativos sob gestão e mais de 95 profissionais de investimento com sede em Nova Iorque, Greenwich, Palo Alto, São Paulo, Londres, Munique, Amsterdã, Pequim, Hong Kong, Mumbai e Cingapura.