A organização estava com um ambiente digital com oito anos de uso. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE), estatal vinculada ao Governo do Estado de São Paulo, adotou ferramentas da HPE com a MPE Soluções, especializada na implementação de hardwares, softwares e serviços para o mercado corporativo.

Segundo a empresa, o processo de licitação foi aberto porque a organização estava com um ambiente com oito anos de uso, equipamentos obsoletos e storages apresentando problemas de hardware, além de falta de capacidade de expansão e de espaço para processamento e armazenamento dos dados.

“Somos uma geradora de energia elétrica, um serviço essencial para a população. Por isso, precisamos ter a capacidade de adotar tecnologias cada vez mais eficientes e robustas em todas as áreas da companhia, mitigando os riscos do nosso negócio”, explica Ricardo Vassao dos Santos, coordenador de Tecnologia da Informação na EMAE. 

Após as burocracias comuns às licitações, a equipe de especialistas da MPE entrou em ação com a equipe de TI da EMAE e toda a ação foi concluída em dois meses, com investimento de R$ 2,75 milhões.

Para o projeto, a MPE recomendou a instalação da solução hiperconvergente Simplivity 380 Gen10, para virtualização de três servidores existentes, além da aquisição de hardware, software e recursos acessórios necessários para adequar o ambiente computacional às necessidades da organização.

Entre os recursos, estavam a Storage StoreOnce, também da HPE, e as licenças VMWare e Veeam.

“Esse foi um projeto bastante complexo, pois envolvia uma operação que exige alta disponibilidade, sem possibilidade de perda de dados. Assim, a parceria entre as equipes do órgão e a MPE foi crucial para fazermos toda a atualização do parque tecnológico sem intercorrências”, conta Jane Grego, diretora comercial na MPE Soluções.

Após a conclusão do projeto, a EMAE afirma estar se beneficiando com um ambiente digital mais capaz de atender as demandas reprimidas de diversas áreas da companhia, além de ter ampliado a segurança física e virtual do ambiente. 

“A hiperconvergência com certeza é a base para a realização da transformação digital que está em curso na EMAE”, afirma Santos.

Criada em 1998, a EMAE é uma empresa de capital aberto, cujo controle acionário pertence ao Estado de São Paulo. Sediada na capital paulista, é detentora e operadora de um sistema hidráulico e gerador de energia elétrica localizado na Região Metropolitana de São Paulo, Baixada Santista e Médio Tietê, com capacidade total instalada de 935 MW. 

A Empresa possui, também, uma usina termelétrica na capital, atualmente arrendada para a Baixada Santista Energia (BSE) e uma subsidiária integral denominada Pirapora Energia S.A., detentora da Pequena Central Hidroelétrica Pirapora, de 25 MW de potência instalada. 

Atua, ainda, no controle de cheias do canal Pinheiros e armazena água para usos múltiplos, como abastecimento público, geração de energia elétrica e lazer, nos reservatórios Guarapiranga e Billings. 

Há 40 anos no mercado de tecnologia, a MPE Soluções é um Centric Partner da Hewlett Packard Enterprise (HPE), sendo hoje um dos seis canais do Brasil a conquistar o selo Platinum, nível máximo de parceria com a companhia.

Com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Ribeirão Preto, a empresa também atua com marcas como F5 Networks, Commvault e Veeam. 

Entre seus principais clientes, estão Suzano Papel e Celulose, UOL, UHG (Amil), Diagnósticos America (DASA), General Mills, Louis Dreyfus, Detran RJ, TJ-RJ, Polícia Militar de SP, PepsiCo, Grupo Ultra, USP, IBGE, Banco Votorantim e Bimbo do Brasil.