Microsoft compra Datazen. Foto: divulgação.

A Microsoft fez uma nova investida para impulsionar seu negócio de inteligência de negócios (BI, na sigla em inglês), com a aquisição da startup norte-americana Datazen.

Segundo destaca o TechCrunch, a empresa de Redmond adicionará as soluções da Datazen à sua ferramenta própria de inteligência, o Power BI. A Microsoft não deu detalhes sobre o valor da aquisição, mas indicou que absorverá os cerca de quinze empregados da Datazen.

"A Datazen é uma empresa focada em mobile que está na frente de inovação deste segmento, com clientes corporativos de todo o mundo usando as suas soluções", afirmou Kamal Hathi, diretor de produto da Microsoft, no blog da companhia.

Segundo analistas, o plano da Microsoft ao levar as tecnologias da nova aquisição para o Power BI é de oferecer alternativas aos clientes. Atualmente o Power BI roda nos data centers da multinacional como uma aplicação em cloud pública.

Por sua vez, o Datazen é destinado à instalações de nuvem privada, em que o software é implementado em uma infraestrutura própria da empresa e depois é criada uma cloud segura para o acesso por dispositivos móveis.

"Desta forma, a Microsoft poderá oferecer as duas opções (cloud pública e privada) sem sacrificar nenhuma delas. Power BI e Datazen poderão ser mais integrados com o passar do tempo", afirmou Matt Weinberger, do TechCrunch.

A compra do Datazen também tem a ver com a foco da Microsoft em investir em startups com design arrojado e interfaces de uso mais acessíveis, como foi o caso das aquisições recentes do app de calendãrio Sunrise, e a aplicação de e-mail Accompli, agora Outlook para iOS.

Indo além de seus softwares tradicionais, como Windows e Office, o segmento de BI estã ganhando cada vez mais força na visão do CEO da Microsoft Satya Nadella, caminhando ao lado dos investimentos em aplicações mõveis.

Para especialistas de mercado, a corrida de softwares BI otimizados para dispositivos móveis ainda está aberta, e a compra da Datazen pode dar um bem vindo estímulo para a Microsoft ocupar esta lacuna.

Enquanto outras companhias já consagradas no mercado de BI, como a Salesforce e IBM, ainda estão ensaiando movimentos nesta direção - a Salesforce, por exemplo, lançou sua ferramenta "mobile-friendly" Wave no ano passado - a Microsoft pode ter algo ao ganhar com a aceleração de seu Power BI.

"Hoje, clientes do SQL Server Enterprise Edition versão 2008 ou mais recentes podem baixar o Datazen Server sem custo. Isto significa que milhões de pessoas ao redor do mundo poderão visualizar e interagir com dados em seus dispositivos móveis", finalizou Hathi.