Cléber Prodanov.

O Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul anunciou sua nova composição para a gestão 2014-2016, que toma posse em maio.

O órgão é responsável por fazer a interlocução da sociedade com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e sugerir políticas para a pasta.

Os novos membros são Marco Antonio Kappel Ribeiro, diretor técnico do Sebrae;  Reges Antonio Bronzatti, diretor do Assespro-RS; ambos indicados pelo governo do estado por  notória qualificação técnica.

Outro novato é José Carlos Carles de Souza, reitor da UPF, indicado pelas universidades do interior.

Permanecem no conselho Eduardo Renato Kunst, diretor-presidente Artecola, representante indicado por notória qualificação técnica, indicado pelo governo, além de Pedro Gilberto Gomes, integrante do Doutorado em Comunicação da Unisinos, como representante das universidades regionais.

Estão de saída José Antônio Antonioni, presidente da Softsul, Luiz Francisco Gerbase, um dos sócios da Altus e Ney José Lazzari, reitor do Centro Universitário Univates.

“Os conselheiros representam a sociedade e atuam como agentes de transformação no setor”, lembra Cleber Prodanov, secretário da Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (SCIT).

Prodanov destaca a revitalização do conselho uma das medidas mais eficazes na transparência e eficiência das ações ligadas à ciência, tecnologia e inovação no estado.