ThyssenKrupp mira IoT com Vodafone. Foto: divulgação.

A Thyssenkrupp, multinacional alemã do segmento de elevadores, firmou um acordo com a Vodafone para a utilização de tecnologias de Internet das Coisas para o desenvolvimento de elevadores conectados e inteligentes.

Pela parceria, a Vodafone fornecerá à fabricante alemã a sua plataforma global de comunicação máquina-a-máquina (M2M) e cartões sim especiais para M2M para a utilização em diversas linhas de elevadores da Thyssenkrupp.

O contrato, de valor não aberto pelas companhias, representará centenas de milhares de conexões M2M na Europa, Ásia e Américas.

A tecnologia de M2M da Vodafone será usada para alimentar o MAX, sistema conectado e preditivo de manutenção para elevadores, que será hospedado na nuvem do Microsoft Azure.

O sistema usará a web para transmitir relatórios de status do elevador em tempo real, provendo informações para possíveis reparos preventivos, antes que o elevador tenha que interromper seu serviço para ser consertado.

Para a Thyssenkrupp, a expectativa é que o uso da IoT reduza pela metade a solicitação de serviços de manutenção. Atualmente, a base mundial de elevadores tem um total de 190 milhões de horas em interrupções devido a paradas para reparos.

No início, o programa atenderá uma base de 180 mil elevadores que contam com o MAX, em regiões como América do Norte e Europa mas a expectativa da fabricante alemã é que em dois anos, cerca de 80% de seus elevadores já contem com a solução.

Para a Andreas Schierenbeck, CEO da Thyssenrkupp, a parceria com a Vodafone será responsável por uma revolução na indústria de elevadores, e instrumental na sustentação do modelo de negócio da fabricante.

"A digitalização total será chave para fazer a centenária indústria de elevadores iniciar uma nova era", finaliza Schierenbeck.Full fledge digitalization is key to make the century-old elevator industry start a new era.”