EXCLUSIVO

Terra: sai Capgemini, entra Stefanini

15/08/2014 16:42

Medida visaria cortar custos.

Suporte do site do Terra trocou de mãos.

Tamanho da fonte: -A+A

O Terra Networks trocou a a Capgemini (antiga CPM Braxis) pela Stefanini para administrar o Centro de Operações Regionais, um centro de suporte instalado em Porto Alegre com cerca de 30 profissionais.

A mudança está em curso e deve começar a valer em setembro.

A informação é de fontes ouvidas pelo Baguete e foi confirmada pelo Terra. Capgemini e Stefanini preferiram não comentar o assunto.

O centro gerencia a página do Terra, incluindo servidores, switches, sistemas e o software Vignette, com o qual a empresa faz o gerenciamento de conteúdo.

De acordo com dados do Ibope de fevereiro, o Terra é o quarto portal de notícias mais acessado do país, com 5,8 milhões de visitantes únicos e o quinto em pageviews, com 42 milhões. No primeiro quesito, o site só fica atrás de Globo, UOL e Estadão.

Recentemente, no entanto, o Terra está passando por uma reformulação interna, e, segundo o Baguete pode averiguar com fontes de mercado, a troca da Capgemini pela Stefanini é parte de um esforço para cortar custos.

Nessa semana, o portal de notícias virou ele mesmo uma notícia ao anunciar demissões. Segundo fontes, foram 140 demissões, 60 delas na área editorial, entre as operações de São Paulo e Porto Alegre.

As demissões foram confirmadas pelo Terra, que não divulgou números.

“Visando adequar a estrutura e recursos da empresa, o Terra alinhou suas unidades de negócios e fez uma reestruturação em todas as áreas”, disse a empresa em a nota. 

Outra fonte ouvida pelo site informou que os cortes fora da área editorial incluem 20 gerentes e diretores e que a causa divulgada internamente foi a de “adequação ao novo momento do mercado publicitário”

A redução da operação do Terra em Porto Alegre vem de tempo. Em dezembro de 2012, o Sindppd-RS, sindicato profissional da categoria de profissionais de TI no Rio Grande do Sul, divulgou que foram feitos 48 desligamentos na operação gaúcha.

Como os profissionais tem a ligação com o sindicato laboral definida pela atividade econômica da empresa, a lista entregue ao Sindppd-RS incluiu pessoas da área de TI, mas também jornalistas e pessoas da área de marketing.

Como agora, o Terra não divulgou números oficiais à época. Fontes ouvidas pelo Baguete no período indicaram 80 demissões em São Paulo.

Dados do Sindppd-RS divulgados na época falavam em 300 profissionais na capital gaúcha, número então reduzido para 250.

O Terra está passando por um momento de transição. No começo do ano, a empresa anunciou uma reformulação do seu portal, a um custo de aproximadamente US$ 10 milhões.

O plano com o novo visual era criar uma página mais personalizada para diferentes usuários, com o que o portal pretendia aumentar a receita com publicidade em 20% em 2014. A publicidade representa 40% da receita do Terra, que gira em torno de € 300 milhões.

Além do novo visual, o Terra investiu em profissionais com um perfil diferente para vender a publicidade, trazendo pessoas com experiência de varejo digital e não comunicação.

Em abril, a empresa contratou Anelise Nascente, ex-Habib's e Magazine Luiza, para o cargo de diretora Comercial de Publicidade. 

Logo depois, em junho, trouxe Valeria Novas, ex-gerente de database marketing da Netshoes, para o cargo de gerente de BI.

A história do Terra no Brasil está ligada ao Rio Grande do Sul. O portal nasceu por aqui partir do portal gaúcho Zaz (ex-Nutecnet), comprado em 1999 pela Telefônica.

Veja também

ENERGIA NUCLEAR
Areva e Capgemini: contrato de € 1 bilhão

Acordo para terceirização e integração de sistemas tem duração de 10 anos.

CARREIRA
Ex-Stefanini é novo CEO da Zap Saúde

Lucas Leusin terá a missão de levar as soluções da empresa para outras regiões do país.

BPO
Honeywell: Capgemini para financeiro

A Capgemini fornecerá serviços de contabilidade geral e Procure-to-Pay.

RASTREAMENTO DE REMÉDIOS
Stefanini: nova parceria para saúde

É a segunda parceria de peso da empresa na área de saúde.

CARREIRA
eWave: ex-Stefanini para BI

Gilmar Correa dos Santos será responsável por projetos de Business Intelligence no segmento de governo.

RANKING
TCS: única novidade nas 10 maiores de TI

Saltando da 13ª posição em 2012 para o 10º lugar em 2013, a empresa é a única indiana no top 10.

CONTRATAÇÃO
Capgemini: novo VP de RH para Brasil e AL

Antes de ingressar na Capgemini, Luiz Eduardo Leite era diretor de RH do Carrefour Brasil.

PRODUTO NACIONAL?
Setor chia com nova orientação da CEF

Representantes da Assespro reclamam de falta de preferência para o software nacional.