SEGUROS

SulAmérica detecta fraudes com IA

14/12/2020 10:12

Projeto entregue pela Accenture combina tecnologias como Python, R e H2O. 

Recepção da SulAmérica. Fraudes não passam. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A SulAmérica, uma das maiores seguradoras do país, está usando inteligência artificial (IA) e análise de dados para agilizar seus processos de envio e reembolso de sinistros, em um projeto desenvolvido pela Accenture.

O foco é identificar casos de fraude mais rapidamente, por meio de uma solução rodando na nuvem do Google que utiliza as linguagens de programação Python, R e H2O, sendo essas duas últimas tecnologias open source voltadas para a construção de modelos estatísticos e análise de grandes volumes de dados.

Na camada de visualização dos dados, a Sulamérica está usando a solução da Tableau.

“O sistema elevou a detecção de desvios e desperdício muito acima de níveis ao alcance de operadores humanos”, afirma Marco Antunes, vice-presidente de Operações, Digital e Inovações da SulAmérica.

Foram testados no projeto mais de 500 modelos e dados de procedimentos de saúde integrados, em várias regiões do Brasil, para criar um processo mais eficiente para sinistros e reembolsos aos provedores de saúde.

O tempo investido tem sua razão de ser. A estimativa é que os desvios nos seguros de saúde custam às seguradoras brasileiras cerca de R$ 28 bilhões por ano. 

Segundo o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar, a fraude encarece os procedimentos médicos para os pacientes em até 30%.

A SulAmérica tem mais de 7 milhões de clientes por meio de produtos e serviços de saúde, odonto, vida, previdência e investimentos.  A companhia registrou lucro recorde de R$ 1,2 bilhão e receitas operacionais de R$ 22,3 bilhões em 2019.

A Accenture é uma das maiores empresas de consultoria empresarial do mundo, com cerca de 5 mil funcionários no Brasil.

Nos últimos tempos, a gigante parece estar dando atenção para o setor de tecnologia no Brasil.

Em agosto, fechou a compra da Organize, companhia brasileira que está entre as maiores parceiras ServiceNow, da multinacional americana de software de gerenciamento de serviços na nuvem.

Em novembro, contratou Fernando Jorge Bittar, ex-chief marketing officer e diretor de alianças da Tivit, para assumir o cargo de diretor de vendas da Accenture do Brasil.

Veja também

SAÚDE
Orizon agiliza acesso a dados com MicroStrategy

Acesso a informações relevantes levava 15 dias e, agora, acontece em até cinco minutos.

SEGURADORA
Allianz Partners capacita prestadores com Beedoo

Plataforma para quem atende demandas de assistência 24h conta com chatbot baseado no IBM Watson.

IA
Bosch cria chatbot com Oracle

Novo assistente virtual foi batizado de Beto e atende em canais como web, WhatsApp e Messenger.

CARROS
BMW aposta na AWS

Mais uma montadora decide migrar boa parte do seu ambiente para a nuvem.

QUENTE
Curitiba é destaque mundial em fintechs

Vale do Pinhão foi destaque em relatório da Startup Genome e do Crunchbase.

DADOS
Adiq aposta em BI e Analytics com MicroStrategy

Um dos desafios da companhia era otimizar a gestão de indicadores de performance de vendas.

GESTÃO
Dados são aliados em meio à crise do coronavírus

Quem interpretar a realidade e agir a partir de informações vai se sair melhor desse desafio.

FINTECH
Lojas Americanas compra Bit Capital

Startup investida pela Gávea Angels possui uma plataforma de open banking baseada em blockchain.

SALTO
Itaú vai para a nuvem da AWS

Contrato é uma grande mudança de rumos para um dos maiores bancos do país.

CONTRATAÇÃO
Ex-Crefisa é head de TI do Banco Digimais

Fernando Pajares é um executivo experiente com passagens por diversas instituições financeiras.