Fernando Mattoso Lemos, vice-presidente de tecnologia e negócios digitais da Natura. Foto: Divulgação.

A Natura, empresa de cosméticos que lidera o setor de venda direta no Brasil, contratou Fernando Mattoso Lemos como vice-presidente de Tecnologia e Negócios Digitais da empresa. 

Como membro do Comitê Executivo, Fernando será responsável por manter a evolução da estratégia digital da empresa, impulsionando os negócios em todos os países, além de buscar novos serviços digitais que geram valor para o modelo de negócio da Natura.

O executivo assume a função após atuar na Oracle por cerca de 10 anos. Sua posição mais recente na companhia foi de vice-presidente de Inovação, Transformação Digital e Cloud para a América Latina.

Antes, também passou por cargos como VP de vendas & arquitetura e tecnologia & aplicações, além de diretor de tecnologia e SOA.

Entre 2003 e 2007, Lemos atuou na BEA Systems, onde também liderou a unidade de arquitetura orientada a serviços (SOA).

O executivo é engenheiro elétrico pela Escola de Engenharia Mauá, com MBA em marketing e especializações em negócios em escolas internacionais, como Incae Business School e Singularity University.

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Líder no setor de venda direta no Brasil, tem mais de 1,7 milhão de consultoras.

A empresa faz parte da Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Natura, The Body Shop e Aesop, que registrou R$ 9,9 bilhões de receita líquida em 2017. 

Nos últimos anos, a Natura tem investido em ações de transformação digital e inovação. Uma das ações foi o lançamento de um aplicativo para consultoras em 2016.

Em julho, a empresa ficou em 3º lugar em um ranking do 100 Open Startups, plataforma que conecta startups a grandes empresas, sobre as companhias mais engajadas no ecossistema de inovação brasileiro

A Natura se uniu ao CESAR, centro privado de inovação, para lançar um programa de aceleração em abril deste ano. A iniciativa faz parte do Programa Natura Startups, lançado em 2016 com o propósito de incentivar a inovação e o empreendedorismo.