A Multilog tem o objetivo de abrir uma aceleradora de startups até o final de 2018. Foto: Divulgação.

A empresa catarinense de logística Multilog, com sede em Itajaí, tem o objetivo de abrir uma aceleradora de startups até o final de 2018.

De acordo com a Revista Amanhã, o projeto tem previsão de lançamento para novembro e faz parte do plano de pesquisa e desenvolvimento da empresa, que busca dobrar sua receita atual de aproximadamente R$ 500 milhões nos próximos cinco anos. 

Com a aceleradora, a companhia tem o objetivo de antecipar movimentos do setor, além de ganhar maior agilidade e simplificação dos processos. A operadora também espera aprimorar seus serviços e o atendimento aos clientes. 

“Estamos destinando uma parte de um armazém para o desenvolvimento de uma plataforma de coleta e entrega de mercadorias no formato digital. Os parâmetros para este serviço são coleta, entrega, agilidade e rastreabilidade”, detalha Djalma Vilela, presidente da empresa, em entrevista à Amanhão.

A Multilog é um dos maiores operadores logísticos do país, com mais de 1,5 mil funcionários. A empresa conta com 18 unidades distribuídas os principais corredores de importação e exportação do Brasil, sendo 6 Centros Logísticos e Industriais Aduaneiros – CLIAs (equivalente a 1,5 milhão de m² de área alfandegada), 6 Portos Secos e 6 Centros de Distribuição.