Alexandre Donner.

A Infoglobo fez uma reformulação na sua TI, incluindo a implantação de um CRM da SalesForce, o upgrade do software de gestão da SAP e a entrada da Rimini Street como fornecedora de suporte terceirizado.

“A três decisões estão interelacionadas e são consequência de uma decisão de apostar em uma arquitetura de TI mais voltada a serviços e com custo menor de legado”, resume Alexandre Donner, CIO da Infoglobo.

De acordo com Donner, as mudanças começaram três anos atrás, com a decisão de migrar o CRM para uma solução da SalesForce, deixando o sistema de gestão dos alemães focado no aspecto mais transacional da operação.

Até então, a companhia usava a versão 4.7 do ERP, com muitas padronizações focadas na área de relacionamento com o clientes, um aspecto fundamental devido à importância das assinaturas no resultado.

A Infoglobo é responsável pelas publicações O Globo, Extra e Expresso, pelos sites O Globo e Extra Online e pela Agência O Globo.

Do ponto de vista do ERP, a opção foi por fazer uma reimplantação da versão 6.0, com uma redução significativa de 80% nas customizações, o produto está focado nas áreas de finanças, comercial, distribuição e logística.

Com a redução de customizações e a necessidade de derrubar custos, a Infoglobo fechou um contrato com a Rimini Street, multinacional de terceirização de suporte que está no Brasil desde 2013 e participou do projeto desde antes do go live. A implementação foi conduzida pela Deloitte.

“Vamos colocar a diferença de custos nos nossos esforços de transformação digital”, afirma Donner. 

De acordo com o CIO, de momento a companhia não vê claramente o valor da migração para a plataforma de computação em memória Hana e dos novos módulos do ERP escritos especialmente para ela dentro da nova geração de softwares S/4. 

A visão de futuro da Infoglobo passa pela adoção de uma série de sistemas especialistas, visando ter uma visão omnichannel de assinantes e prospects, afirma Donner, destacando que a companhia já fez um projeto de arquitetura de TI orientada a serviço com tecnologia da Tibco.

“Nosso futuro está em avançar no terreno de big data e analytics e atender cada vez melhor nossos clientes”, resume Donner.