O estado foi o que concentrou o menor número de tentativas de fraude em 2013 com 1,43%. Foto: flickr.com/photos/ep_technology

A ClearSale, empresa especializada em autenticação de vendas no e-commerce, divulgou um levantamento sobre fraudes nas compras online. O estado do Rio Grande do Sul foi o que concentrou o menor número de tentativas de fraude em 2013 com 1,43%.

Após o estado riograndense, segue na lista Santa Catarina, com 1,56% e Paraná em terceiro lugar, com 1,6%. A empresa avalia como fraude as tentativas de compras com cartões roubados e clonados.

Foram analisados 17 milhões de transações do anos de 2013 das quais a empresa é responsável. A ClearSalre responde por 77% do mercado de autenticação de compras online.

Das regiões do país, o sudeste concentra 3%, Centro-Oeste com 3,4%, Nordeste com 5% e 5,4% no Norte.

Para o coordenador de Projetos Corporativos da ClearSale, Gabriel Firer, a concentração de casos em localidades como Nordeste e Norte se deve por causa da inclusão digital.

“Não há um motivo definitivo. Mas alguns fatores como o crescimento do mercado nessas regiões e o aumento da oferta de crédito podem influenciar. Com a expansão do acesso a internet, os clientes desacostumados em compras online, podem cair em golpes com maior facilidade” comenta.

Ser alvo de um golpe de fraude ou clonagem não é muito difícil no páis, já que só no ano passado, os cartões representaram, em média, 28% do consumo total dos brasileiros. No último trimestre, o percentual atingiu 30% pela primeira vez no país. 

Os brasileiros utilizaram 17,8% mais cartões de crédito e de débito durante o ano passado na comparação com 2012, segundo balanço divulgado ela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). Foram R$ 853 bilhões em pagamentos.