Lustres Yamamura adota e-commerce com Rakuten. Foto: divulgação.

A Rakuten, multinacional japonesa de comércio eletrônico, é a reponsável por entregar uma solução integrada para o e-commerce das Lustres Yamamura, empresa paulista do segmento de iluminação.

Cliente da Rakuten desde a época da Ikeda, a nova loja virtual da Yamamura é integrada com o Rakuten Nexus, nova plataforma de comércio eletrônico e integração com marketplace lançada pelos japoneses.

"Aproveitamos a ocasião para atualizar o layout enquanto atualizamos para a melhor versão da plataforma mais moderna do mercado, que oferece melhorias no SEO e facilidades no processo de compra", explica Guilherme Silva, Consultor de Ecommerce da Rakuten.

Com quatro lojas físicas em São Paulo, a Lustres Yamamura espera dobrar o faturamento no e-commerce este ano, conforme explicou Silvia David, gerente da companhia.

“Tínhamos como objetivo conhecer e aprender como funcionava a parte logistica do ambiente online, pois o digital é um canal que traz ótimos resultados”, afirma David.

Presente no Brasil desde 2011, desde a aquisição da Ikeda, a Rakuten fornece tecnologia de e-commerce para marcas como LePostiche, Nespresso, OQVestir, Panasonic e Hope, entre outras.

No início do ano, a companhia optou pela terminação do modelo atual de marketplace, divisão que parecia estar em aceleração no último ano. O foco deixa de ser no marketplace próprio para se tornar um provedor de serviços para e-commerce.

Segundo a assessoria da companhia, o Rakuten Shopping agora se chama Rakuten Performance Marketplace, mudando operações de back-office de maneira a proporcionar a integração dos sistemas Rakuten Nexus, Rakuten Genesis e Rakuten One, usando uma estrutura de SaaS para a oferta de produtos em marketplaces variados.

A mudança tira o foco da empresa de seu marketplace próprio, tornando o carro-chefe da companhia o fornecimento de serviços de suporte (logística, pagamento, cadastro de produtos) para varejistas online.

Até o momento a Rakuten conta com com cerca de 1,2 mil lojas em seu marketplace, um número pequeno em relação a rivais como Cnova, VTEX e B2W.