José Alexandre Rochetti e Adriano Accioly, sócios da FindOut. Foto: Divulgação.

Dois executivos com longas passagens pela Ericsson se uniram para criar a FindOut, plataforma que conecta as startups ao mercado.

Adriano Accioly, diretor geral da FindOut, trabalhou por 20 anos na Ericsson. Entre 2012 e 2018, foi diretor de operações da companhia. Já José Alexandre Rochetti, diretor de desenvolvimento de negócios da plataforma, passou oito anos na Ericsson, tendo o cargo de líder de transformação como o mais recente.

Com a criação da FindOut, o objetivo foi desenvolver um canal digital de contatos com o objetivo de reduzir a distância entre negócios inovadores, empresas e investidores.

“Muitas delas não estão acolhidas em espaços como coworkings e trabalham sem aceleração, mentoria ou qualquer suporte. Essa área precisa de espaço democrático, em que não haja fronteiras e custos para negociar", explica Rochetti, cofundador da plataforma.

O site possui filtros para selecionar startups por região e segmento de atuação. Empresas e investidores podem detalhar o que desejam e publicar desafios para que as startups se candidatem a participar do projeto. 

A comunicação entre contratante e prestadores de serviços acontece gratuitamente e sem intermediários.

"Há um número razoável de empresas de base tecnológica pelo país que são qualificadas e com soluções arrojadas, mas infelizmente acabam fechando as portas por não terem retorno financeiro. Se pudermos ajudar essa turma a se posicionar e atender às necessidades existentes no mercado, vamos ficar muito felizes", conta Accioly.

A atuação da FindOut Startups se estende a prestar consultoria a empresas que estão lapidando sua estratégia de inovação. Após entender as necessidades e identificar os desafios, pode ser feita uma seleção dos negócios inovadores mais indicados para atender a demanda.

Operando desde julho de 2018, a FindOut já contabiliza 350 startups cadastradas na plataforma, que registra mais de 500 empresas ativas. 

A FindOut monetiza a plataforma por meio de pacotes adicionais de publicidade para impulsionar a visibilidade das startups, que inclui acesso a estatísticas, banners de divulgação e maior impulsionamento na página

Com a procura de investidores para fechar parcerias, a expectativa para 2019 é atingir mais de 5 mil startups no banco de dados e iniciar o processo de expansão internacional com foco em países da América do Norte, Europa e África.