Danilo Igliori, chairman da DataZAP. Foto: Divulgação.

A DataZAP, braço de inteligência do ZAP Imóveis, utilizou a tecnologia de Machine Learning do Microsoft Azure para desenvolver a plataforma Quanto Vale?, que faz estimativas de preço de imóveis.

A plataforma analisa dados históricos de milhões de imóveis que já foram anunciados no ZAP nas transações de compra, venda e aluguel de apartamentos.

Com a ferramenta, as incorporadoras podem calcular o valor dos empreendimentos possíveis para seus terrenos em estoque ou em aquisição, simulando quais seriam os tipos de apartamentos mais rentáveis para cada lançamento. 

Assim, baseadas nas características da região e na tipologia do imóvel, as incorporadoras conseguem estimar melhor os benefícios que serão decisivos na compra de um terreno, no desenvolvimento de projetos e em outras etapas de construção.

Para bancos e instituições financeiras, a plataforma permite projetar o valor de uma carteira de imóveis em financiamento de uma só vez, atualizando o valor de suas garantias. A ferramenta também pode agilizar o trabalho de avaliadores, ao realizar o cálculo de preços e identificação de imóveis comparáveis.

De acordo com o chairman da DataZAP, Danilo Igliori, tarefas e processos tradicionais do mercado imobiliário estão sendo simplificados pela ferramenta. 

“Trata-se de uma plataforma que oferece novas opções para o mercado de imóveis em diferentes cenários. Além do serviço para a pessoa física e imobiliárias que querem vender ou comprar um imóvel, estamos oferecendo uma nova capacidade para bancos e incorporadoras otimizarem seus processos de precificação”, explica.

Para chegar às projeções, a plataforma usa a tecnologia de Modelos de Avaliação Automatizados, também conhecidos como AVMs (Automated Valuation Models) da DataZAP, que faz modelagens matemáticas utilizando o crescente volume de informações disponibilizado pelas iniciativas de big data do ZAP. 

O sistema de machine learning da Microsoft interpreta os dados e automatiza o processo, resultando em informações mais precisas e obtidas de maneira mais rápida.   

“A Microsoft é a única empresa capaz de oferecer o uso da linguagem R na nuvem, ideal para montar modelos estatísticos e algoritmos, com a linguagem matemática direta no computador e com um esforço muito baixo”, explica o diretor da Divisão de Servidores e Plataformas da Microsoft Brasil, Roberto Prado.

O Quanto Vale? é pago e por enquanto está disponível para cidades da região metropolitana de São Paulo, além do Rio de Janeiro e Niterói.

“Até o final de 2017, esperamos atingir as principais cidades do país”, finaliza Igliori.

O portal ZAP criou a unidade de inteligência DataZAP há pouco mais de um ano, com o objetivo de automatizar parte do seu processo de precificação, ao mesmo tempo em que vende estudos e análises de riscos para terceiros.