Rosário, na província de Santa Fé, é um dos focos do contrato. Foto: Flickr.com/fanpop

A NEC Argentina, subsidiária da japonesa NEC Corporation, foi selecionada pelo governo da Província de Santa Fé para fornecer, instalar e operar um sistema de vigilância urbana para as cidades e áreas metropolitanas de Santa Fé e Rosário, em contrato de mais de US$ 10 milhões.

O projeto inclui centros de comando e controle, 600 câmeras e uma rede de dados para múltiplos serviços.

Segundo Carlos Martinangeli, presidente e CEO da NEC para a America Latina, as câmeras serão instaladas em 254 pontos de monitoramento dentro das cidades.

Os dados colhidos por vídeo são integrados em centros de segurança localizados em cada cidade, equipados com videowall e mais de 70 estações de monitoramento.

O trabalho abrange, ainda, implantação de uma rede de dados multi serviço, formada por 200 quilômetros de fibra óptica e sistemas sem fio, e expansão do backbone metropolitano da região de Santa Fé, com provisão e construção de um cabo de fibra óptica de 70 quilômetros, integrando mais de 50 instalações públicas para a rede governamental.

A NEC também irá fornecer uma nuvem privada com processamento e capacidade de armazenamento para todas as câmeras, com retenção online de vídeo de alta qualidade (700 TB) por 45 dias.

Duas salas de análise de situação, equipadas com monitores e plataformas de comunicação para facilitar a gestão de crises, integração de sistemas de videovigilância com a plataforma de emergência 911 já existente nas localidades, e sistema de reconhecimento de placas automotivas, com 78 pontos de monitoramento, também fazem parte do projeto.

Na América Latina, a NEC oferece soluções de comunicações e TI para operadoras, empresas e governo.

A empresa também desenvolve na região soluções de imagem, cidades inteligentes e segurança integrada.