QUE SAÚDE!

HBSIS monitora mais de 1 milhão de vidas

13/09/2012 11:27

Software HB.Prever conquistou três contratos com Unimeds no último mês e, com isso, ultrapassou marca de um milhão de vidas monitoradas.

Saúde puxa negócios da HBSIS. Foto: Flickr.com/proimos

Tamanho da fonte: -A+A

A HBSIS, de Blumenau, fechou três novos contratos que levaram a ultrapassar a marca de um milhão de vidas monitoradas por meio de seu software HB.Prever.

Os clientes, conquistados no último mês, são três Unimeds, de Araxá, Birigui e Feira de Santana, que juntas atendem a cerca de 120 mil pacientes.

O HB.Prever permite às empresas usuárias o monitoramento de alguns índices de saúde de seus clientes e funcionários, como colesterol e pressão arterial, por exemplo.

O software foi lançado em 2008, marcando a entrada da HBSIS no segmento de saúde.

“Tem sido um ótimo negócio. Em apenas quatro anos já possuímos clientes em diversos estados brasileiros”, comenta o gerente de Contas do HB.Prever, Milton Helfenstein.

Ponha ótimo negócio nisso: para este ano, a expectativa da empresa bluemenauense é fechar dezembro com crescimento de 200% só nesta vertical, levando em consideração os contratos efetivados desde o fim de 2011.

Já no geral, a expectativa é ampliar a receita em 22% em 2012, mantendo o mesmo percentual dos últimos anos.

O faturamento, Helfenstein não divulga, mas afirma que o plano da vertical de saúde é ampliar a carteira para além de instituições da área.

“Projetamos crescer entre empresas de todos os setores. A preocupação com a saúde dos colaboradores cresce cada vez mais e poder evitar, através da tecnologia, a perda de mão de obra, é um diferencial no mercado", avalia o executivo.

VERTICAL FORTE
A aposta no segmento de saúde segue uma tendência que vem se reforçando em Santa Catarina.

No estado, a movimentação mais recente foi a fusão de Pixeon, de Florianópolis, com a Medical Systems, fruto de uma segunda rodada de investimentos da Intel Capital na Pixeon.

A nova empresa já nasce com mais de 1,2 mil clientes no Brasil, Argentina e Chile,

Em junho deste ano, a catarinense Manager Systems foi adquirida pela 7 Medical Systems, do segmento de gestão sob demanda de imagem digital, registros médicos eletrônicos e soluções para o gerenciamento de serviços médico.

A negociação, cujos valores não foram revelados, foi a quarta grande movimentação no ramo da TI e saúde no estado em pouco mais de um ano, seguindo uma esteira na qual já vinham Intel, Philips, com compras; e Siemens, com investimento de R$ 50 milhões em uma fábrica da divisão Healthcare em Joinville.

O anúncio da Siemens foi feito em maio deste ano, com meta de iniciar atividades na nova unidade ainda em 2012, com capacidade de até 300 equipamentos de tomografia e afins por ano.

Nos casos da Philips, a atração em Santa Catarina foi a Wheb Sistemas, de Blumenau, que a companhia comprou no começo do ano passado.

A adquirida é focada em ERP para a saúde e, segundo declarou à época da compra o CEO da Philips Healthcare, Steve Rusckowski, será o “combustível do crescimento na região nos próximos anos”.

PORTFÓLIO VARIADO
O setor é forte, mas não é só na saúde que a HBSIS aposta.

A empresa atua em soluções para a área fiscal (HB.Nfe), administrativa (HB.Conselhos), BYOD (HB.MDM) e outsourcing de TI.

A companhia emprega mais de 250 profissionais e atende a clientes como OAB, TopMed e Ambev, entre outros.
 

Veja também

HBSIS atende OAB-PI e TO

A HBSIS, implantará o software de gestão HB.Conselhos nas seccionais da OAB do Tocantins e do Piauí até o final de outubro.

HBSIS tem novo gerente para Conselhos

A blumenauense de soluções de TI HBSIS contratou José Antonio Gasque Júnior como novo Gerente de Conta para a vertical Conselhos.

Gasque tem sete anos de atuação como gerente de contas em empresas de TI – Elosoft Informática e Rhealeza Informática – e já atuou em atendimento de empresas do setor público e privado em diversos estados do país.

HBSIS e E&E: joint venture para saúde

A HBSIS, de Blumenau, e o Grupo E&E Administração e Consultoria em Planos de Saúde, de Indaiatuba-SP, acabam de formar uma joint venture, criando a Person.

A nova empresa, focada em soluções para inteligência em saúde, vai fornecer um sistema integrado de informações para gestão de recursos humanos nesta área em empresas de diversos setores.

Hbsis terá rede social interna

A Hbsis - empresa de Blumenau especializada em TI - lança este mês um portal interno para troca de informações entre seus quase 200 funcionários.

Denominada Ning, a plataforma permite criar uma rede virtual própria para compartilhar conteúdos como vídeos, fotos e textos.

Hbsis é premiada pela AmBev

A Hbsis, fornecedora blumenauense de soluções em TI, acaba de ser reconhecida pela AmBev com os prêmios Parceiro Leão e Fera 2010, além do segundo lugar na categoria melhor funcionário, conquistado pelo colaborador Thiago Chamorro.

A iniciativa reconhece o trabalho dos parceiros durante o Plano Verão, período mais crítico do ano para a AmBev.

AUDITORIA
E&Y de olho na saúde brasileira

Pesquisas indicam que o setor deverá ter alta 9,19% no faturamento neste ano, estimulado pela expansão de 2,22% no volume de vendas.

Betha: Fly Saúde para gestão pública em SC

A Betha Sistemas, desenvolvedora de softwares, lança o Fly Saúde para administrar os custos dos serviços de banco de dados e oferecer o controle de agendamento dos procedimentos ligados à saúde e à gestão pública.

O sistema será apresentado na ExpoFecam, que ocorre entre 30 de novembro e 2 de dezembro, no CentroSul (Av. Gustavo Richard, 850), em Florianópolis.

Intel Capital entra em saúde na AL com Pixeon

A Intel Capital, divisão de investimentos da fabricante de chips, anuncia sua entrada no mercado de TI para saúde na América Latina com um aporte na catarinense Pixeon.

Conforme David Thomas, diretor Executivo da Intel Capital para a região, a tecnologia da empresa de Florianópolis tem em aberto um mercado de mais de 14,5 mil hospitais e clínicas no Brasil.

NA MIRA
Siemens, Phillips, Intel: SC atrai $$ para saúde

Siemens vai investir R$ 50 milhões em fábrica de Healthcare em Joinville. Intel investiu na Pixeon, de Florianópolis.  Philips comprou Wheb, de Blumenau. SC: que saúde!