PICOLÉS

Kibon adota soluções da Infobip

13/05/2022 15:21

A companhia está investindo na comunicação B2B via WhatsApp.

Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Kibon, marca de sorvetes e picolés da Unilever, adotou uma solução de mensageria da Infobip, companhia croata de serviços de comunicação para empresas, para agilizar a comunicação com clientes via WhatsApp Business.

O projeto começou em março de 2020 com a ativação do canal junto à Meta, conglomerado de tecnologia que controla o WhatsApp, e a integração de interfaces de programação de aplicativos (APIs, na sigla em inglês). 

Essa fase foi marcada pela construção de uma infraestrutura digital para suportar o novo canal de negócios B2B dentro da Kibon, sendo desenhado um fluxograma que mapeia os processos envolvidos no relacionamento com os clientes da empresa. 

Como resultado, a solicitação de serviços (como manutenção de geladeiras da marca, por exemplo) aumentou de 6% para 11% ao longo do ano passado por meio do WhatsApp Business.

Através do canal de atendimento, os parceiros de negócios da Kibon podem se informar sobre descontos, realizar engajamento e tomar decisões de compra no horário que for mais conveniente. 

O WhatsApp também está sendo usado em campanhas relâmpago com o auxílio do Moments, solução de engajamento do cliente da Infobip que envia mensagens segmentadas de acordo com os dados comportamentais e demográficos de cada parceiro.

O Moments contribui com a coleta de dados sobre as interações com cada cliente para o time a avaliar processos e, conforme o caso, realizar mudanças no fluxograma de mensagens. 

Em uma ação, a Kibon utilizou o Instagram e o WhatsApp da marca junto à solução para vender sorvetes premium Magnum para clientes que não faziam pedidos há 30 dias.

Ao final de três dias, foi possível alcançar 10% de conversões por meio do aplicativo de mensagens e mais de 30.000% de ​​retorno sobre o investimento.

Outra tecnologia da Infobip utilizada pela Kibon foi o Conversations, uma solução de contact center voltada a demandas de estabelecimentos comerciais, incluindo compra de produtos, realização de serviços e detalhes do pagamento. 

Caso haja alguma solicitação que o chatbot Kiki, assistente virtual da Kibon, não entenda, o Conversations garante que a mensagem do WhatsApp seja roteada para um atendente do time sem que seja necessário iniciar uma nova conversa.

De acordo com a companhia, a eficácia do uso da plataforma B2B de WhatsApp na Kibon se transformou em um benchmark para a Unilever brasileira e global.

“Temos recebido consultas de colegas de todo o mundo. São profissionais que querem entender as razões do sucesso desse projeto e levar essa inovação, que nasceu no Brasil, para outras unidades da Unilever”, conta Mariana Zandoná, customer development manager da Unilever. 

Em 2022, a Kibon seguirá ampliando o uso do WhatsApp Business como um canal B2B entre a empresa e os estabelecimentos no Brasil, inserindo o uso de mensagens por voz para aumentar a aproximação.

Comprada pela Unilever em 1997 por US$ 930 milhões, a Kibon foi fundada há mais de 70 anos com os dois primeiros lançamentos sendo os picolés Eskibon e Chicabon.

As marcas da Unilever estão presentes em mais de 190 países, com 3,4 bilhões de pessoas usando seus produtos diariamente. Em 2021, a companhia alcançou um faturamento de € 52 bilhões, com 13 marcas com vendas acima de € 1 bilhão.

Fundada em 2006, a lnfobip possui uma plataforma própria de mensageria e comunicação projetada para conectar operadoras de redes móveis e empresas. A companhia trabalha localmente em 190 países com mais de 600 operadoras e possui mais de 1,5 mil colaboradores.

Veja também

PLAYER
Kore.ai: peso pesado de chatbots no Brasil

Empresa é líder do Quadrante do Gartner, capitalizada e tem presença mundial. 

CONTRATAÇÃO
Ex-IBM assume parcerias na Whatslly

Raquel Hauschild é uma profissional com quase 30 anos de experiência.

SAÚDE
MedPlus confirma agendamentos com Nina Tecnologia

Através de uma integração, a solução entra em contato com os pacientes de forma automatizada.

CAFETERIAS
Casa do Pão de Queijo adota solução da Yungas

Retail tech catarinense é especializada na gestão e comunicação de franquias.

RESULTADOS
Elifegroup fatura R$ 102 mi, alta de 57%

Crescimento foi liderado pela Buzzmonitor, plataforma que se tornou uma empresa independente.

LADO B
iFood: infiltração na greve dos entregadores?

Reportagem mostra em detalhes práticas de comunicação questionáveis do app.