MINÉRIO

CMOC Brasil: cadastros com Integra

13/05/2019 05:28

Projeto acontece em paralelo com migração para um ERP da SAP.

CMOC Brasil minera nióbio, metal tornado famoso pelo presidente Jair Bolsonaro. Foto: DIvulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A CMOC Brasil, operação no país da gigante de mineração chinesa China Molybdenum Group, contratou o software da gaúcha Integra S.A para fazer o saneamento e governança de cadastros de materiais e serviços.

O projeto contratado contempla desde o saneamento da base de cadastro de materiais e serviços, até a governança de novos cadastros através da plataforma Klassmatt.

A implantação ocorre em paralelo com a adoção do sistema de gestão da SAP, cujo go live está previsto para 2020.

A Integra S.A é parceira da SAP e trabalha junto ao laboratório de inovação SAP Co-Inovation Lab. 

“Foi um longo caminho até chegarmos ao patamar de referência em cadastros para o setor de mineração. Sou suspeito para falar, mas acredito que o ano de 2019 será um ponto fora da curva na história da Integra”, ressalta o CEO Carlos Py.

No primeiro trimestre, a Integra já fechou 12 contratos.

Py, ex-diretor corporativo na Linx, assumiu o comando da empresa em julho do ano passado. 

O profissional foi diretor na Direção e na Seller, uma empresa de software para meios de pagamento e outra de sistemas de gestão para postos de combustíveis adquiridos pela Linx em 2013. 

A contratação de Py para a Integra se dá após a entrada na empresa de um grupo de investidores que prefere não ser identificado.

A meta é expandir os negócios, promover alianças estratégicas e desenvolver a internacionalização dos negócios. 

A Integra tem 100 funcionários, 20 anos de mercado e atende empresas de grande porte como Vale, Gerdau BRF e Marfrig. 

Trocando em miúdos, o que a empresa faz é ajudar clientes com uma quantidade muito grande de itens (materiais, peças, suprimentos, etc) a organizar melhor seus bancos de dados para gerenciar melhor seus estoques, por meio de um software chamado Klassmatt.

A CMOC Brasil atua no país com mineração e beneficiamento de nióbio e fosfatos, nas cidades de Catalão e Ouvidor (GO) e Cubatão (SP), por meio de suas empresas Niobras e Copebras. 

Veja também

GOVERNO
Werneck, ex-Dell, será CIO de Goiás

Executivo é experiente no mercado de TI, com passagens por IBM, Quest e Nokia.

 

TENDÊNCIA
Claro tem parceria focada em IoT para agronegócio

O projeto Fazenda Conectada será testado no Condomínio Inovar, nas dependências da Embrapa.

PARCERIA
IBM e Yara se unem por plataforma para agricultura

Sistema conjunto aplicará inteligência artificial e aprendizado de máquina a dados do campo.

COISAS
Samora, ex-PTC, tem negócio de IoT

Nova companhia representa soluções da Sensemetrics e da Hexagon.

PLM
Oliveira, ex-Direct One, assume PTC

Executivo vem do ramo de gestão de documentação.