Brasil é o maior mercado do Rappi. Foto: divulgação.

A Linx, companhia de software de gestão para o varejo, fechou um acordo com o Rappi, popular aplicativo de entregas, pelo meio do qual os clientes do Linx OMNI OMS poderão vender e entregar seus produtos dentro do app.

As duas empresas fizeram uma integração de sistemas que possibilita que o estoque de clientes da Linx em diferentes lojas físicas esteja disponível para venda por meio do aplicativo.

"Este é mais um caso que mostra a revolução que a Linx está fazendo no varejo brasileiro. A parceria é totalmente disruptiva, porque nenhum app no mundo conta com a variedade de produtos que ajudaremos a Rappi a oferecer aos usuários", explica Jean Klaumann, vice-presidente da Linx Digital. 

A Rappi é uma startup colombiana que chegou ao Brasil em julho de 2017 e já está presente em mais de 30 cidades brasileiras. 

O país é hoje o mercado mais importante do Rappi. Do total de 3,6 milhões de usuários do app, 800 mil são brasileiros.

Por meio do aplicativo é possível comprar produtos e serviços de diferentes categorias, incluindo restaurantes, supermercados, farmácias, manicure, dogwalker, entre outros. 

Além disso, a plataforma conta com uma carteira virtual, o RappiPay, onde é possível fazer transferências entre usuários e pagamentos em estabelecimentos parceiros. 

Além do Brasil, a Rappi está presente na Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, México, Peru e Uruguai.

A Linx vem apostando em integrações do gênero à sua plataforma de comércio omnichannel.

Um acordo recente do tipo foi fechado com a B2W, que detém marcas como Americanas.com, Submarino e Shoptime. 

Com o novo contrato, os usuários do sistema Linx OMNI OMS que vendem nos sites da B2W poderão anunciar seu portfólio de produtos e oferecer aos consumidores o estoque de suas lojas físicas com a opção da retirada do produto em loja.

A solução Linx OMNI OMS é utilizada por empresas como Nike, Boticário, Drogaria Pacheco SP, Centauro, Hering, Alpargatas, Vivara, Lojas Marisa, TokStok, RiHappy, Inbrands e Restoque.