Mário Bastos.

A DBServer, fábrica de software sediada em Porto Alegre, acaba de abrir uma unidade em São Paulo.

Com cerca de 400 funcionários, a DBServer é uma das maiores companhias do segmento no Rio Grande do Sul e vinha ensaiando há tempos uma expansão fora do estado.

“Nosso plano foi desenvolver um negócio consistente no mercado local para depois investir fora”, explica o diretor da DBServer, Mário Bastos. A nova filial deve ajudar a manter o ritmo de crescimento na faixa dos 40% anuais.

A DBServer tem uma operação sólida instalada no Tecnopuc, parque tecnológico da PUC-RS, a partir da qual atende a clientes como a Ipiranga, com a qual fechou o primeiro contrato ainda nos anos 90.

A lista inclui ainda nomes de peso da economia gaúcha como Paquetá, Lojas Renner, Randon e Sicredi, além de outras companhias de tecnologia instaladas no Tecnopuc como Totvs, Dell e HPE.

A operação de São Paulo já fechou o primeiro cliente: o grupo de mercados e empórios St. Marche, que trouxe a franquia do mercado de produtos gourmet Eataly para o Brasil.

O comando da regional paulista será de Carlos Werner Inda, dono da Confluence, companhia especializada em integração de dados que já atua em parceira com a DBServer há 11 anos.

Inda fundou a Confluence em São Paulo em 2004, vindo da CWI Software, outra software house gaúcha, na qual foi diretor de marketing, vendas e serviços por mais de uma década.