Tão difícil quanto parece. Foto: flickr.com/photos/timmy2s/8

A IST Sistemas comemora o fechamento de mais uma importante parceria na área de ensino.

O Laboratório de Modelagem Elétrica, Térmica e Mecânica de Encapsulamento de Semicondutores (ModelLab) da Unisinos acaba de adquirir os softwares Altium e SolidWorks da IST Sistemas de São Leopoldo.

O ModelLab é parte do esforço relacionado com a área de chips que está em andamento na universidade e recebeu no começo do ano um aporte de R$ 500 mil da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, que terá contrapartida de R$ 380 mil da instituição.

O Altum é uma solução de design de circuitos impressos e o SolidWorks uma ferramenta mais geral de design em 3D.

As soluções serão usadas por engenheiros, alunos de graduação da engenharia, mestrado profissional em engenharia elétrica e profissionais da indústria eletroeletrônica, de controle e automação e da indústria de semicondutores.

A Unisinos vem expandido sua oferta de formações nesse campo, com o lançamento de um curso de Engenharia Eletrônica em outubro de 2011 e de um mestrado em Engenharia Elétrica em março desde ano.

A intenção é atender a demanda da HT Micron, fábrica de chips cuja fábrica está operando com produção de chips DRAM na universidade e está nos últimos estágios da construção de uma fábrica com investimentos de R$ 200 milhões em equipamentos até 2016.

Em fevereiro, a IST Sistemas anunciou uma fusão com a revenda SolidWorks gaúcha Max3D.

A nova empresa tem presença reforçada no Sul, onde da IST atuava até agora somente em Joinville, somando os escritórios da Max3D em São Leopoldo, Caxias e Curitiba aos já existentes antes em São Paulo, Americana, São José dos Campos, Ribeirão Preto, Belo Horizonte e Goiânia.

A meta declarada da IST, que tem uma base instalada de 2,8 mil assentos da solução de CAD, é tornar-se a maior revenda da SolidWorks na América Latina.