Empresas da Grande Florianópolis certificaram MPS.BR. Foto: flickr.com/photos/atramos

Mais sete empresas catarinenses de software associadas à Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) foram avaliadas no modelo de qualidade de software brasileiro MPS.BR.

A Softplan/Poligraph obteve avaliação no nível C e a Todo BPO! no nível E.

Outro grupo atendeu as companhias que visavam a base do modelo. Foram avaliadas cinco empresas: GATI nível F, Instituto de Governo Eletrônico, Inteligências e Sistemas - I3G nível G, Reason nível G, Void Caz Sistemas G e Softran nível G.

A implementação do MPS.BR foi realizada pela Incremental Tecnologia e durou 12 meses, seguidos de mais três meses de acompanhamento das avaliações oficiais.

Os participantes tiveram os custos subsidiados em 40% com recursos do governo federal.

NOVO GRUPO
A ACATE está formando novo grupo de cooperadas para implementação e avaliação do MPS.BR níveis F e G.

As empresas interessadas deverão  entrar em contato com a ACATE, pelo fone 2107-2726 ou pelo e-mail gestaoprojetos@acate.com.br