Jorge Krug, diretor de Tecnologia da Informação e Inovação do Banrisul. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O executivo Jorge Krug, diretor de Tecnologia da Informação e Inovação do Banrisul desde 2015, foi o vencedor da categoria setor público no prêmio Pico da Neblina, novo reconhecimento nacional a CIOs que são referência no mercado de TI.

Danilo Zimmermann, ex-CIO da Cielo e atual vice-presidente de TI do Grupo Dasa, foi o vencedor na categoria setor privado. 

Segundo a Revista Amanhã, os dois foram escolhidos mediante votação realizada entre os dias 18 e 20 de novembro deste ano e o anúncio foi feito no 4ConNetworker Award 2020, que aconteceu no dia 30 de novembro, em formato virtual. 

Ao receber o prêmio, o diretor do Banrisul dividiu a conquista com os profissionais de TI da instituição. "São eles que merecem este reconhecimento, por terem colocado o banco na posição que está. Receber este prêmio é uma alegria muito grande para a nossa instituição", afirmou.

Em seu discurso, Krug destacou que os profissionais de TI de todo o país merecem um elogio especial por terem dado a sustentação necessária para as empresas se manterem neste ano de pandemia e adversidades. 

Praticamente toda a equipe de TI do Banrisul está trabalhando em regime de home office desde março e, neste período, o time implementou o Pix na instituição.

Novidade em 2020, o Prêmio Pico da Neblina homenageia os nomes de maior destaque da TI no Brasil e que, em anos anteriores, já tenham recebido reconhecimentos pelo 4Network | IT4CIO. 

O Banrisul fechou 2019 com um lucro líquido de R$ 1,34 bilhão, um aumento de 28,2% em comparação com o ano anterior.

No primeiro semestre de 2020, 75% das transações do banco foram realizadas pelos seus meios digitais, número que representa 170 milhões de operações, uma média de 948 mil por dia.