Christian Zeuch, Felipe Martins e Maurício Ghem, líderes do Time2Go. Foto: Baguete

A SAP Labs Latin America criou um programa para incentivar ações inovadoras entre seus colaboradores e já colhe os frutos da ideia.

Iniciado em abril, o grupo de inovação é formado por 20 funcionários de diferente áreas dentro do centro de desenvolvimento e suporte da multinacional em São Leopoldo.

Daí surgiu o Time2Go, um aplicativo que pretende otimizar as rotas de trânsito dos funcionários que utilizam o serviço de busca porta-a-porta oferecido pela empresa.

Para chegar a ideia, os voluntários, entrevistaram cerca de 200 funcionários. Surgiram 23 ideias que poderiam ser aplicadas dentro da empresa e, a partir daí, foi feita uma seleção das melhores tendo como critério impacto e viabilidade.

Sobraram cinco projetos que foram apresentados para um grupo de líderes da empresa. O app Time2Go foi o que mais agradou e, consequentemente, recebeu a aprovação dos os executivos.

Os consultores de suporte Maurício Ghem e Christian Zeuch e o Arquiteto de Soluções Felipe Martins são os líderes do Time2Go e contam que a plataforma é capaz de beneficiar os colaboradores, a SAP e a empresa terceirizada que presta o serviço, a Turis Silva.

Atualmente, cerca de metade dos 542 funcionários do SAP Labs usa uma das cinco rotas de ônibus oferecida pela empresa.

Todas tem saída de pontos estratégicos de Porto Alegre e devem cumprir o trajeto de cerca de 35 quilometros até São Lepoldo em, no máximo, 1h45min. Mas o grupo viu a necessidade de melhorar a comunicação entre usuários e motoristas.

“Os principais benefícios estão no planejamento e na redução de emissão de CO2, já que com o programa muitas rotas diminuem suas quilometragens. Também é possível diminuir o tempo de espera e dormir até dez minutos a mais”, explica Felipe Martins.

Durante a realização de quatro sprints, o grupo utilizava horário de almoço e, inclusive, finais de semana para adiantar o trabalho. Além disso, tiveram entre 5 e 10% do seu tempo de trabalho liberado para o projeto.

O aplicativo, que é integrado ao GPS, tem a versões diferentes para o motorista e para o colaborador da companhia.

Os funcionários da SAP recebem uma notificação sobre o horário exato que o micro-ônibus passará em sua casa e acompanhar, em tempo real, onde o veículo se encontra. O passageiro que não for utilizar o serviço deve avisar até as 20h do dia anterior para que a rota seja traçada e otimizada.

Com usabilidade simples, o motorista visualiza sua a rota atualizada e apenas acompanha pelo GPS os pontos de parada pelo mapa. Quando o veículo diminui a velocidade, automaticamente o aplicativo exibe uma tela com a identificação (nome e foto) do funcionário que será recolhido no endereço.

Segundo os criadores, este recurso traz mais segurança para quem está no volante. “Mostramos o aplicativo para os motoristas que consideraram o aplicativo funcional”, conta Maurício Ghem. Eles também enxergam um benefício para os executivos da empresa.

“Os líderes de cada time podem também visualizar a rota para entender porque seus funcionários ainda não chegaram, se estão trancados na BR116 ou se já se aproxima”, exemplifica Christian Zeuch.

Em seis semanas, a equipe desenvolveu o aplicativo em HTML5 e com o SAP NetWeaver Cloud. Com isso, o app pode ser usado em desktop ou em dispositivos móveis com Android com os dados todos na nuvem.

Em julho, o protótipo estava pronto para ser apresentado aos chefes. Tão empolgado quanto o grupo, que até usa camisa personalizada do projeto, é o presidente da SAP Labs Latin America, Stefan Wagner.

“Isso é inovação por excelência. Pessoas identificam um problema e se unem para resolvê-lo”, afirma.

FUTURO
Pronto para ser colocado em uso, o Time2Go agora passa pelos testes finais. A equipe acredita que logo no início de 2013 todos os funcionários já possam utilizar a aplicação.

Os idealizadores também pensam que o produto pode ser futuramente utilizado por instituições de educação, como a própria Unisinos, ou pelo poder público em eventos que exigem grande movimentação do transporte coletivo.

O app pode ser ainda mais útil no futuro atualmente com 542 colaboradores, o SAP Labs tem planos de fazer 500 contratações no decorrer de 2013, quando será inaugurada a segunda fase do centro, um investimento de R$ 51 milhões.

Os corredores do SAP Labs são tomados por profissionais jovens, muitos em bermudas, e Wagner vê iniciativas como o Innovation Group como aderentes para a chamada Geração Y.

“Nós viemos aqui em busca desse talento e queremos formar ele dentro da empresa”, afirma Wagner.