VERDE

Moss implementa B1 com G2

11/10/2021 04:50

ERP da SAP vai ajudar a consolidar operação mundial de créditos de carbono.

Moss gera créditos com projetos na Amazônia. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A Moss, plataforma mundial de compra de créditos de carbono, está adotando o software de gestão Business One da SAP, em um projeto com implementação da G2.

A startup está baseada nas Ilhas Cayman, tem no Brasil um dos seus principais mercados no momento, mas projeta um alcance mundial.

Com a implementação do B1, a empresa visa superar dificuldades com a  descentralização das informações financeiras e na falta de uma classificação robusta para as contas. 

“Como temos operações em diversos países, precisamos de um software multi línguas e multi moedas, capaz de manter o alinhamento contábil entre todas as unidades”, destaca Fernanda Castilho, gerente geral da empresa no Brasil.

Neutralidade na emissão de carbono é uma pauta em alta nas ações de responsabilidade social das empresas, o que significa uma oportunidade para a empresas como a Moss, que intermedia a compra dos chamados créditos de carbono, com os quais as empresas podem compensar as suas emissões.

Em apenas um ano de operação no Brasil, mais de R$ 70 milhões foram transacionados com a compra dos créditos, que são gerados por meio de projetos certificados de manejo florestal sustentável, contribuindo para a conservação da Amazônia.

A startup opera por meio de uma plataforma digital registrada em blockchain e criptomoedas.

Entre os clientes, estão nomes como iFood, C6 Bank, Creditas, Cia. Hering e GOL Linhas Aéreas.

No final do ano passado, a plataforma recebeu um aporte de US$ 1,8 milhão em rodada de investimento liderada pela The Craftory. O montante é somado ao US$ 1,6 milhão que a empresa já havia levantado em junho do mesmo ano.

A G2 é uma das maiores parcerias da SAP para a linha B1 no Brasil, atendendo 102 grupos econômicos, com presença em nove países. A empresa tem 67 colaboradores e está presente em 25 cidades em seis estados.

A SAP trouxe o B1 para o Brasil em 2005. Hoje são 150 empresas trabalhando com implementação e 7,5 mil clientes no Brasil, o que é uma cifra respeitável em um universo de 70 mil clientes em todo o mundo.

No ano passado, o Brasil foi líder em receita para o B1 no mundo, um feito ainda mais notável tendo em conta a situação atual do câmbio.

Veja também

GASES
Moss desenvolve aplicativo com Vortigo

A startup das Ilhas Cayman é especializada na compra de créditos de carbono.

ESG
Suzano: controle de CO2 com SAP

Gigante de celulose usa data warehousing para reduzir emissões de gás carbônico.

SUSTENTABILIDADE
Mitre Realty: projeto de ESG com WayCarbon

O mapeamento completo da construtora será gerido pela plataforma Climas.

LIMPO
Uber: frota 100% elétrica até 2040

App de transporte promete colocar US$ 800 milhões na iniciativa. Faz diferença?

ENERGIA
Claro inaugura quatro novas usinas solares

Até 2021, o programa deve gerar 80% da energia consumida pela empresa.

PLANOS
Dell mostra sua visão de futuro

Empresa falou no Technologies Summit de onde pretende estar internamente em 10 anos.