RH

Netshoes aumenta seleção pelo LinkedIn

11/08/2016 13:30

 Em 2015, 15% das contratações tiveram o LinkedIn como fonte de origem da seleção.

Em 2015, 15% das contratações da Netshoes tiveram o LinkedIn como fonte de origem. Foto: Pixabay.

Tamanho da fonte: -A+A

Com sua marca presente no LinkedIn há cerca de dois anos, o Grupo Netshoes tem aumentado sua atuação na rede social. Em 2015, 15% do total de contratações realizadas pelo Grupo Netshoes tiveram como fonte de origem da seleção o Linkedin.

O índice representou um aumento de cerca de 40% em relação a 2014.

O maior engajamento por meio de sua página também proporcionou um salto no número de seguidores no ano passado: de cerca de 17,5 mil para pouco mais de 37 mil em 2015. Aualmente, são mais de 48,2 mil. 

Atualmente, mais de 50% dos colaboradores da empresa possuem perfis ativos na plataforma.

“A transformação digital e a consolidação do LinkedIn como uma plataforma para o mercado de trabalho nos mostraram que a presença nesta rede social era fundamental para estabelecer um diferencial na atração e decisão profissional de candidatos. Alinhados com a área de mídias sociais, também passamos a oferecer conteúdo relacionado à empresa”, afirma Sergio Povoa, diretor de RH do grupo de e-commerce.

Além de promover maior engajamento a partir de publicações em sua página, o Grupo Netshoes passou a utilizar e as Soluções de Talento da plataforma. Por meio de diferentes ferramentas, a empresa passou a identificar os candidatos com maior assertividade, sempre de acordo com o perfil, características e experiências esperados para determinada vaga.

O Grupo Netshoes é um dos principais grupos de e-commerce da América Latina, com faturamento de R$ 2 bilhões em 2015. O grupo tem operações próprias no Brasil, Argentina e México. 

Com mais de 2 mil colaboradores e uma média superior a 50 milhões de visitantes únicos por mês, a empresa opera mais de 20 e-commerces na América Latina, como as lojas oficiais da NBA, NFL, UFC e clubes como Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Internacional, River Plate, Chivas, América do México, entre outros.

A companhia também é responsável pela loja virtual Zattini.

Veja também

CARREIRA
LinkedIn: 5 de TI nas mais desejadas

Estão na pesquisa as empresas Google, Apple, Dell, Microsoft e Facebook.

NEGÓCIOS
Microsoft adquire LinkedIn

A transação em dinheiro foi fechada em US$ 26,2 bilhões.

RANKING
LinkedIn: lista de mais atraentes tem duas de TI

Entre as 25 empresas mais bem sucedidas em conquistar e reter talentos estão Totvs e Accenture.

CARREIRA
Irlanda busca estrangeiros para TI

O programa Tech Life Ireland quer atrair cerca de 3 mil profissionais estrangeiros por ano.