Alessio Alionço, fundador e CEO do Pipefy. Foto: Eduardo Macarios.

A Pipefy, startup brasileira de gerenciamento de processos, anuncia o recebimento de um aporte no valor de US$ 45 milhões. A rodada série B foi liderada pelo fundo nova-iorquino Insight Partners e conta com participação de OpenView e Trinity Ventures, que já são investidores da empresa. 

Desde sua fundação, a startup já recebeu mais de US$ 65 milhões em aportes. O último, há pouco mais de um ano, foi de US$ 16 milhões.

O novo investimento será utilizado no desenvolvimento contínuo do produto e no aumento da escala da estratégia go-to-market da empresa.

A solução da Pipefy permite que os gestores criem e gerenciem fluxos de trabalho sem que precisem de suporte técnico. O software fornece uma plataforma de autosserviço em que gestores podem projetar, implementar e mensurar o desempenho de novos fluxos de trabalho digitais. 

“Nossa visão é empoderar todos os executores dentro das organizações para que eles criem e implementem seus próprios fluxos de trabalho. Estamos animados para levar os benefícios da metodologia de gestão Lean para gestores em todas as empresas, sem que eles precisem ter conhecimento técnico ou passar por treinamentos para aplicar a metodologia”, diz Alessio Alionço, fundador e CEO do Pipefy.

Fundada em 2015, a startup paranaense atende a clientes em mais de 150 países.

“O que de fato nos incentivou a trabalhar com o Pipefy é sua plataforma baseada na metodologia Lean, que gera fluxos de trabalho eficientes para empresas. Estamos entusiasmados para trabalhar ao lado do Pipefy à medida em que a empresa amplia a escala de seu desenvolvimento de produto e de sua presença nos Estados Unidos”, destaca Jeff Lieberman, diretor geral do Insight Partners.

A Pipefy atende a clientes como IBM, Accenture, Visa, Santander e Wipro.