Fabio Sabba, diretor de comunicação da Uber no Brasil. Foto: Divulgação.

A Uber fechou um contrato de âmbito nacional com o Serpro, empresa de TI do Governo Federal, para obter a confirmação de informações cadastrais sobre veículos, motoristas e candidatos a motorista em tempo real.

A checagem é feita pelo DataValid, solução desenvolvida pelo Serpro que, com a autorização do Denatran, verifica informações da CNH e do CRLV dos motoristas interessados em trabalhar para Uber. 

Com o DataValid, a Uber vai poder verificar online, junto ao cadastro, se estão corretas as informações fornecidas. A solução também verifica se a carteira de habilitação está válida ou não. 

As fotos dos motoristas também serão validadas digitalmente, por comparação entre as imagens fornecidas pelo condutor com as arquivadas pelas autoridades de trânsito.

"Segurança é prioridade para a Uber e o trabalho de aprimoramento nesse tema tem de ser contínuo: estamos comprometidos em sempre construir uma plataforma melhor, para proporcionar viagens cada vez com mais recursos de segurança e com mais confiabilidade", explica Fabio Sabba, diretor de comunicação da Uber no Brasil. 

Os motoristas cadastrados na Uber passam por uma checagem de antecedentes criminais antes de serem autorizados a trabalhar. A partir dos documentos fornecidos para registro na plataforma, a empresa consulta informações de diversos bancos de dados oficiais e públicos de todo o país.

De acordo com a empresa, pelo menos uma vez a cada 12 meses são feitas novas checagens periódicas dos motoristas já aprovados.