A Ampla adotou a Go.To Enterprise, focada no monitoramento e controle das equipes de campo. Foto: Divulgação.

Responsável por levar energia elétrica a cerca de 2,8 milhões de clientes em 66 cidades do Rio de Janeiro, a Ampla contratou um serviço de IoT (internet das coisas, na sigla em inglês) da Tivit há nove meses.

Online e assistido por ferramentas analíticas que preveem desvios no comportamento das equipes, o Go.To Enterprise, sistema implantado na Ampla, tem o objetivo de tornar mais eficiente o monitoramento e controle das equipes de campo.

Ainda neste ano, o projeto deve ser estendido para toda a rede de colaboradores da Ampla, impactando milhares de usuários. 

“A tecnologia oferecida pela Tivit tem sido um importante aliada no desempenho de nossas equipes de campo. A ferramenta online nos permite monitorar a execução das atividades, o que contribui para melhora na performance e eficiência operacional”, afirma Bruno Golebiovski, diretor de Operações Área Rio da Ampla. 

Para os consumidores finais, o serviço permite maior agilidade, segurança e visibilidade sobre as resoluções aplicadas. Assim, a fornecedora de energia se torna mais precisa ao informar o tempo de suporte em cada domicílio. 

O Go.To Enterprise faz parte do portfólio de serviços de Smart Grid da Tivit. Além do Go.To, a Ampla também conta com a empresa na gestão de sua infraestrutura de TI, incluindo o uso dos datacenters da companhia. 

Além disso, a Ampla conta também com duas outras soluções do portfólio da Tivit: o suporte ao faturamento das contas de maneira imediata em campo, por meio da solução Agilis; e a automatização dos processos de corte e reconexão em rede de distribuição através do Syntegra. 

“A Ampla possui atualmente um projeto avançado de redes inteligentes e monitoramento das operações. Atuamos junto com a companhia no projeto da cidade inteligente de Búzios, que é a primeira deste tipo na América Latina”, explica Gazaffi. 

Para 2015, a Tivit divulgou a meta de manter atingir um faturamento de R$ 2,5 bilhões, um aumento de cerca de 20% sobre 2014, quando a Tivit fechou seu balanço com uma receita de R$ 2 bilhões.

A empresa possui operações em sete países da América Latina, atendendo cerca de 3,5 mil clientes.