Asyst é especializada em service desk. Foto: flickr.com/photos/westmidlandspolice

O grupo mineiro Algar comprou a empresa de service desk  Asyst International + Rhealeza por R$ 103 milhões nesta segunda-feira, 09.

Segundo revela o Valor Econômico, a aquisição envolve troca de ações com a Algar Tech, divisão à qual a Asyst será incorporada. 

Francisco Ricardo Blagevitch, presidente da Asyst, tornou-se sócio da Algar Tech e permanece na companhia como executivo, em cargo ainda não definido. Ele vai atuar ao lado de José Antônio Fechio, que já era presidente da Algar Tech e, agora, também será sócio da companhia.

A expectativa é que juntas, as empresas tenham uma receita de R$ 750 milhões neste ano. Dos 13 mil funcionários, 10 mil vieram da Asyst, que em julho de 2011 se fundiu com a curitibana Rhealeza, criando a Asyst International + Rhealeza. 

Na sua última divulgação de resultados, a Asyst International + Rhealeza informou ter faturado R$ 125 milhões em 2011 e projeva chegar a R$ 150 milhões em 2012.

O negócio reforça a Algar frente a competidores como Stefanini e Tivit, incoporando à carteira clientes como Monsanto, Sanofi Aventis e Andrade Gutierrez, além de operações na Argentina e no Chile.

O Grupo Algar tem negócios diversificados, desde a produção de soja até um parque aquático, passando por venda de produtos de consumo no Nordeste, mas tecnologia vem ganhando importância no mix.

Em 2013, a empresa faturou R$ 3,7 bilhões, valor no qual TIC respondeu por 40%. No Ebitda de  R$ 581,3 milhões, a área respondeu por 60%. Nos próximos cinco anos, os planos de investimento são de R$ 2 bilhões, boa parte deles para tecnologia.