O Itaú Unibanco vai aquirir os negócios de varejo do Citibank no Brasil. Foto: Divulgação.

O Itaú Unibanco firmou um acordo com o Citibank para aquisição dos negócios de varejo (voltados a pessoas físicas) da organização no Brasil por R$ 710 milhões.

A compra foi anunciada na manhã de sábado, 8, quase dez meses depois que o Citi informou o plano de vender as operações deste segmento no país.

O negócio inclui empréstimos, depósitos, cartões de crédito, agências, gestão de recursos e corretagem de seguros, assim como as participações societárias detidas pelo Citibank na Tecban (5,64% do seu capital social) e na Cibrasec (3,60 % do seu capital social).

A operação de varejo do Citibank no Brasil (com 71 agências) conta com uma base de aproximadamente 315 mil clientes correntistas, R$ 35 bilhões entre depósitos e ativos sob gestão, 1,1 milhão de cartões de crédito e R$ 6 bilhões de carteira de crédito. 

Com essa aquisição, o Itaú Unibanco passa a ter R$ 1.404 bilhões em ativos. 

O Citibank continuará atendendo aos clientes de Corporate and Investment Banking, Commercial Bank e Private Bank no Brasil.

A conclusão da operação está sujeita ao cumprimento de determinadas condições precedentes, incluindo as aprovações do Banco Central do Brasil e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Em agosto do ano passado, outra operação similar aconteceu no Brasil quando o Bradesco adquiriu a operação do HSBC no país por US$ 5,2 bilhões, cerca de R$ 17,7 bilhões.