Baidu lança assistente pessoal virtual. Foto: divulgação.

A chinesa Baidu, considerada por muitos o Google do mercado chinês, anunciou o lançamento de seu serviço próprio de assistente pessoal digital, semelhante à famosa Siri, da Apple.

Chamado de Duer, o serviço chega para competir com outras plataformas inteligentes de marcas como a já citada Apple, assim como a Microsoft e sua Cortana e o Google com o Now.

O novo produto do Baidu será incluído gratuitamente para os usuários do app de busca do Baidu para o sistema operacional Android. Segundo dados do Baidu no final de 2014, cerca de 140 milhões de pessoas usam o app.

Segundo explica o jornal The Guardian, o plano do serviço inteligente é simplificar tarefas dentro do app, como a procura e encomenda de produtos.

Além disso, o algoritmo de reconhecimento de fala também será empregado em outras investidas da empresa chinesa, como usos em Internet das Coisas, como controle de aplicações domésticas.

Além disso, o assistente virtual será utilizado de forma universal para outros serviços do Baidu, como o Maps e Nuomi, de compras coletivas.

A companhia chinesa é uma das pioneiras neste tipo de aplicação para serviços de larga escala fora dos Estados Unidos. Vale lembrar que o Baidu tem operações no Brasil, onde chegou em 2013 e atende cerca de 50 milhões de usuários. Entretanto, a empresa não deu informações se lançará o novo serviço para o mercado brasileiro.

O Baidu iniciou as operações no país em novembro de 2013, quando estreou por aqui uma série de produtos, dos quais os que tiveram maior repercussão foram o software antimalware Baidu Antivirus e o otimizador de performance PC Faster.

Depois, em junho, a empresa lançou a versão brasileira do buscador e anunciou investimentos de R$ 120 milhões no país nos próximos três anos, incluindo um centro de pesquisa e desenvolvimento que será o sétimo da companhia no mundo, depois de três na China, um nos Estados Unidos, um em Cingapura e outro no Japão.