Luis César Verdi. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Luis Cesar Verdi, ex-vice presidente senior da SAP para Inovação e Vendas de Solução na América Latina, acaba de ser promovido para o cargo de líder global de OEM e MCaaS da multinacional alemã.

MCaas é a sigla que a empresa usa para serviços de nuvem gerenciados, uma das suas maiores apostas para crescimento. OEM é a estratégia pela qual a companhia embarca suas soluções em conjunto com softwares especializados de parceiros.

O executivo gaúcho estava no cargo atual desde 2012. Antes, foi presidente da SAP no Brasil por três anos. 

Verdi entrou na SAP em 2003, quando veio da HP, onde passou por cargos como diretor de marketing e vendas para América Latina e, antes disso, responsável pela divisão de consultoria no Brasil, a HP Consulting. 

Como presidente da SAP do Brasil, Verdi liderou entre 2009 e 2012 um período de grande crescimento, no qual a empresa triplicou seu faturamento no país.

Verdi é bacharel em matemática pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com especialização em planejamento estratégico pela Sloan School of Management, no MIT, Estados Unidos. 

O profissional é o segundo executivo brasileiro a chegar aos mais altos níveis da estrutura organizacional da SAP.

Em maio, Rodolpho Cardenuto, ex-presidente da SAP para a região Américas [desde então divida entre América do Norte e Latina], foi nomeado como o chefe da nova divisão de Operações Globais de Parceiros.

Cardenuto tem uma trajetória parecida com a de Verdi. O executivo também veio da HP em 2008. Por lá, passou por cargos de liderança, incluindo a gestão de vendas no Brasil

Cardunuto passou o bastão de presidente da SAP Américas, para o ex-presidente da SAP Brasil, o argentino Diego Dzodan.