Rodrigues. Foto: Divulgação

O Buscapé está lançando uma nova edição do seu programa para startups no Brasil.

Chamado de desafio “Sua Ideia Vale Um Milhão”, o programa oferece R$ 300 mil de investimento aos ganhadores. O valor deve equivaler a 30% do negócio.

As inscrições começam em 4 de junho e vão até 30 de agosto. A expectativa do Buscapé é que três mil empreendedores participem do concurso de 2012 com a apresentação de aproximadamente mil projetos.

Interessa ao Buscapé soluções inovadores para comércio eletrônico em duas áreas: rede social e mobilidadede social.

No ano passado, passaram pela peneira quatro startups donas de aplicativos que são adotados atualmente pela empresa.

São elas a MeuCarinho, que compara produtos em supermercados; Urbanizo, que realiza diariamente a análise de milhares de imóveis extraídos de sites imobiliários; ResolveMe, plataforma social para troca de contatos de prestadores de serviços; SaveMe, agregador de sites de compra coletivos; e HotMart, que oferece infraestrutura necessária para distribuição de conteúdo digital.

PRESITENDE EM SANTA CATARINA
Empreendedores que quiserem conhecer a experiência do fundador do Buscapé, que há quase 15 anos nem startup era, poderão encontrá-lo na Expogstão, no dia 14 de junho, no  Centreventos Cau Hansen, em Joinville (SC).

Romero Rodrigues, palestra sobre novos mercados, comportamentos e maneiras de fazer negócios, abordando temas como inovação, novos modos de consumo e oportunidade de negócios.

Com atuação em 20 países e mais de 900 colaboradores, o Buscapé já realizou 11 aquisições e recebeu quatro rodadas de investimentos externos, tendo entre seus sócios Itaú Unibanco, Merrill Lynch BofA e Great Hill Partners.

TÁ NA HORA
Com o programa, a Buscapé acompanha a onda de apostadores nas empresas iniciantes no Brasil.
 
Estimativa da Associação Brasileira de Private Equity & Venture Capital indica que o Brasil deverá experimentar um crescimento de 20% nesse tipo de aporte para negócios em 2012.
 
Somente o BNDES investirá R$ 1 bilhão até 2014 em venture capital. Nos cálculos do banco, o valor deve chegar a R$ 5 bilhões com os aportes do mercado.
 
Além disso, segundo cálculos da Associação Brasileira de Startups (ABS), o Brasil tem 3,5 mil investidores anjo, atualmente. Nesse contexto, quanto mais focados em negócios, melhor para os empreendedores.