COMPRINHAS

Iguatemi faz AMS com Rimini

10/03/2021 13:40

Empresa de shopping centers já era cliente de suporte independente desde 2016.

Unidade do Iguatemi. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Iguatemi, uma das maiores empresas do setor de shopping centers do país, ampliou o seu contrato com a Rimini para suporte terceirizado de sistemas da SAP.

Desde 2016 cliente de suporte independente às aplicações SAP ECC 6.0 e SAP Business Objects da empresa, o Iguatemi agregou agora um contrato de serviço de gerenciamento de aplicações (AMS, na sigla em inglês).

Na prática, isso significa que além de fazer o suporte nível 3 (código customizado crítico, atualizações fiscais, jurídicas e regulatórias), a Rimini abocanhou também o nível 2 (suporte operacional, incluindo resolução de incidentes, gerenciamento de casos e análise de causa raiz para otimizar as operações em andamento).

Esse serviço de nível 2 é normalmente oferecido por um dos 22 parceiros SAP que trabalham com AMS no país, um mercado disputado. A Rimini entrou no segmento em 2019, reforçando sua proposta de que os clientes mantenham as versões antigas dos softwares da SAP.

No caso da Iguatemi, além do AMS, a empresa adotou ainda o Rimini Street Watch, produto que substitui o SAP Solution Manager na função de monitorar a disponibilidade do ERP.

“Com um único provedor de serviços para suporte de software e AMS, não perdemos mais tempo com o gerenciamento de tickets, tornando a dinâmica mais eficiente”, diz Valdemar Castilho, gerente de operações de TI da Iguatemi.

Em nota, a Rimini cutuca os três fornecedores de AMS anteriores (os contratos costumam ser em base anual, alguns sendo renovados por anos) afirmando que eles “cobravam por tickets abertos, demoravam para responder e não solucionavam os problemas”.

Com sede em São Paulo, a Iguatemi opera 14 shopping centers, dois premium outlets e três torres comerciais no país.

A empresa sofreu com a pandemia do coronavírus, que levou ao fechamento de shoppings pelo país e à necessidade de renegociações com os lojistas.

A Iguatemi obteve uma receita líquida de R$ 160,9 milhões no segundo trimestre de 2020, baixa de 14,3% em relação ao ano anterior. As vendas totais nos shoppings caíram 82,8%, para R$ 603,6 milhões.

A Rimini está no Brasil desde 2011 e tem atualmente 120 clientes no país, incluindo Algar Telecom S.A, Bombril, Cacau Show e CPFL Energia.

A companhia é líder no mercado de suporte terceirizado, com uma participação de 83% segundo o Gartner.

Veja também

VAREJO
C&C começa projeto SAP

Seidor fará a implementação em uma das maiores do setor de materiais de construção.

BOLSO
Oracle: cliente chora sobre preço

Pesquisa da Rimini indica que para 97% o custo é o “principal desafio” do banco de dados.

CARREIRA
Mariotto assume cargo global na Rimini

Ex-SAP vai cuidar do atendimento dos clientes de suporte SAP na empresa.

ESCOLHA
Hypera Pharma fica no ECC com Rimini

Gigante farmacêutico não vai migrar para o S/4 Hana, última versão do ERP da SAP.

CONTRATOS
Rimini coloca pezinho no governo

Multinacional está oferecendo suporte terceirizado no TST, Câmara de Deputados e Apex.

ECONOMIA
RNA: suporte do SAP ECC é com a Rimini

Fabricante de molas quer cortar custos e optou por terceirizar o suporte do ERP.

MERCADO
Magazine Luiza compra VipCommerce

Empresa possui uma plataforma de e-commerce white label com foco no varejo de alimentos.

TERMÔMETRO
DHL utiliza biometria da Unike para controle de acesso

A solução une triagem com medição de temperatura e reconhecimento facial.

ESPORTE
Grupo SBF compra NWB por R$ 60 milhões

Com rede de canais esportivos, dona da Centauro aposta na interação do conteúdo com suas marcas.

INFRA
Lojas Lebes: novo ambiente de nuvem com Claranet

Projeto contou com a arquitetura de cloud privada da multinacional e nuvem pública da AWS.

LEVOU
EY compra Partners Digital

Consultoria SAP paulista tem atuação discreta, mas dezenas de grandes clientes.

MODA
Cia. Hering controla distribuição com Lincros

Embalada por vendas on-line na pandemia, empresa implanta a solução para lojas e e-commerce.