RESULTADOS

F5 fatura US$ 2,35 bilhões, alta de 5%

09/11/2020 16:37

Companhia encerrou no ano fiscal de 2020 no último dia 30 de setembro.

François Locoh-Donou, presidente e CEO da F5. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A F5 fechou o ano fiscal de 2020, encerrado no último dia 30 de setembro, com um faturamento de US$ 2,35 bilhões, uma alta de 5% frente aos resultados do ano anterior.

Em 2019, a empresa havia faturado US$ 2,24 bilhões.

Somente no quarto trimestre do ano fiscal 2020, a empresa faturou US$ 615 milhões, número 4% acima dos US$ 590 milhões alcançados no mesmo período do ano passado.

Segundo a F5, o que gerou o crescimento na receita anual foi a alta procura dos clientes pelos serviços de segurança e distribuição de aplicativos multinuvem.

“A verdade é que novas maneiras de trabalhar e maiores expectativas do consumidor quanto ao desempenho e crescimento massivo das aplicações, criaram, para os clientes, novos desafios. A F5 está muito bem posicionada para enfrentá-los”, afirma François Locoh-Donou, presidente e CEO da F5.

De agora em diante, a empresa espera um crescimento cada vez maior das vendas de softwares em forma de assinatura e Software as a Service (SaaS).

No primeiro trimestre do ano fiscal de 2021, que se encerra no dia 31 de dezembro de 2020, a expectativa é gerar receita na faixa de US$ 595 milhões a US$ 615 milhões.

Para isso, a companhia pretende continuar priorizando o foco da inovação e dos investimentos na solução dos desafios de aplicações mais urgentes dos clientes.

Criada em 1996, a F5 Networks está listada na Nasdaq, tem sede em Washington, nos Estados Unidos, e conta com 85 escritórios em 43 países.

Veja também

SEGURANÇA
BNDES amplia trabalho remoto com F5

VPN da empresa está sendo utilizada por 1,7 mil profissionais da instituição financeira.

BELEZA
Grupo Boticário cria aceleradora de startups

Inscrições para o programa GB Ventures acontecem entre 15 de novembro e 18 de dezembro.

SOFTWARE
BossaBox leva aporte de R$ 8 milhões

Startup de “squads-as-a-service” é a nova aposta do Astella Investimentos.

 

INOVAÇÃO
Multilaser: R$ 10 milhões no WE Ventures

Gigante de eletrônicos apoia fundo de investimentos focado em empreendedorismo feminino.

VENTURE
Meta: R$ 20 milhões para startups

Companhia de tecnologia cria um braço de investimentos em novas empresas de tecnologia.

AMBIENTE
LGPD revoluciona cargos e prioridades nas empresas

Do DPO ao gestor de infraestrutura, todos são afetados pela nova lei de privacidade de dados.

AGRO
Fazendão se reorganiza com Thompson

Processador de soja redefine processos e implanta ferramenta de workflow.

PAGAMENTOS
Locaweb compra Vindi por R$ 180 milhões

Esta é a terceira e maior aquisição da companhia desde o seu IPO, em fevereiro.

OPERAÇÃO SILÍCIO
Polícia Federal bate no Ceitec

Empresa de tecnologia teria pago propina para funcionários da estatal de chips.

TELECOM
Nvoip recebe aporte de R$ 3 milhões

Rodada foi liderada pela BR Angels com participação de Cedro Capital e Bossa Nova Investimentos.