Vishal Sikka, diretor de Tecnologia e Inovação da SAP. Foto: flickr.com/photos/traftery.

Tamanho da fonte: -A+A

A SAP anunciou nesta semana o lançamento do SAP Hana Cloud, plataforma de computação em memória baseada na nuvem. Como parte do anúncio, a empresa também os primeiros produtos na nova plataforma, o SAP NetWeaver Cloud e SAP Hana One.

O NetWeaver Cloud é um serviço de aplicações baseadas em padrões abertos, e o Hana One é uma implementação SAP Hana certificada para uso a partir da nuvem de serviços virtuais Amazon Web Services (AWS).

Conforme descreve a empresa alemã, o Hana Cloud conta com outras funcionalidades como o AppServices, que  ajuda desenvolvedores a criar aplicações avançadas com o uso do SAP Hana nativo, Java e outros recursos para desenvolvimento acelerado.

O SAP Hana DBServices oferece um "banco de dados como serviço" na nuvem, através do Hana One, uma alternativa de implementação que permite a execução do Hana na nuvem de serviços AWS.

De acordo com a fabricante, ele pode ser usado de forma produtiva com pequenos pacotes de dados em questão de minutos, abrindo caminho para projetos iniciais de clientes, fornecedores independentes de software e empresas emergentes.

Para Vishal Sikka, diretor de Tecnologia e Inovação da SAP, as novas plataformas estabelecem bases para os desenvolvedores criarem aplicações na nuvem com ferramentas analíticas na alta velocidade do SAP Hana.

"Nossos clientes e parceiros de negócios podem construir ferramentas que atendam às necessidades decorrentes da nova realidade, ou seja, velocidades vertiginosas, acesso móvel e instantâneo, análise aprofundada e uma agradável experiência para o usuário", ressalta.

CLOUD

O mercado de serviços de aplicações na nuvem cresce a uma velocidade incomum: quatro vezes em comparação com as aplicações para instalações físicas.

Prevê-se que vai gerar até 2016 mais de US$ 25 bilhões em receita bruta a partir da venda de assinaturas.

A SAP trabalha com parceiros de negócios que fazem parte do setor de fornecedores independentes de software (ISV, sigla em inglês), investindo em desenvolvimento, implementação, marketing e venda de aplicativos na nuvem, por meio da loja SAP Store e do acesso direto à base de clientes da companhia que reúne mais de 197 mil empresas ao redor do mundo.