FINTECH

Rebel levanta R$ 167 milhões

09/08/2019 17:01

Processo foi feito via securitização de créditos financeiros.

A Rebel fez uma captação via securitização de créditos financeiros. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A Rebel, plataforma online de crédito pessoal, anuncia a segunda oferta pública de debêntures simples lastreadas em créditos pessoais originadas pela fintech. A startup brasileira levantou R$ 167 milhões via securitização de créditos financeiros, valor dez vezes maior que os R$ 16,6 milhões capitalizados no final do ano passado. 

Emitidos pela securitizadora Vert Capital, os papéis foram comprados por XP Asset Management, Franklin Templeton e outros nomes.

“Tamanho crescimento no valor da emissão em tão pouco tempo é um fato raro no mercado brasileiro e demonstra a confiança dos investidores na Rebel e na qualidade dos ativos que a empresa está originando”, diz André Botelho Bastos, CFO da Rebel.

A securitização permite à startup atender um número maior de consumidores.

“É o combustível para continuarmos acelerando. Temos modelos de análise de crédito muito avançados usando machine learning e inteligência artificial, o que nos permite avaliar e precificar cada pedido de crédito em poucos minutos”, explica Bastos. 

A operação foi estruturada pela Vert Capital. Os créditos originados pela Rebel foram utilizados pela securitizadora como lastro para a emissão de debênture, que, por sua vez, foi oferecida a investidores institucionais.

“A securitização acaba sendo um caminho alternativo e saudável de financiamento para as fintechs, com volumes cada vez mais expressivos. Além disso, é uma maneira de acessar o mercado de capitais sem abrir mão do controle da empresa” diz Gabriel Lopes, sócio da Vert Capital.

Com a transação, a Rebel espera lançar novidades para oferecer taxas menores e mais benefícios para o consumidor, além de rentabilidade com governança para os investidores. 

“Os bancos costumam dizer que são obrigados a cobrar altas taxas de juros porque a inadimplência é alta, causando um ciclo vicioso e maléfico. Nós queremos criar um ciclo virtuoso que traga mais confiança, segurança e melhorias nas propostas de juros e crédito no Brasil”, finaliza Bastos.

A Rebel oferece aos seus clientes empréstimos de até R$ 25 mil por meio de seu portal online, com até 24 meses para pagar e taxas de juros a partir de 2% ao mês.

Veja também

FINTECH
Ex-99 é COO da Hash

Ademar Proença Filho foi gerente regional no Brasil da 99.

PAGAMENTOS
Avec lança conta digital com Hub Fintech

 A plataforma da Hub Fintech é oferecida no modelo White Label.

FINTECH
Creditas adquire plataforma Creditoo

Companhia começou a gastar os R$ 900 milhões levantados junto ao Softbank.

CONTACT CENTER
AeC opera atendimento ao cliente da 99

Para o trabalho, a AeC inaugurou um novo espaço com 50 postos de atendimento. 

DINHEIRO
Softbank coloca R$ 1 bilhão no Banco Inter

Mais uma fintech se cacifa com um aporte de peso no Brasil. 

FINTECH
Ex-CEO do Pag lidera Liftbank

Executivos que atuaram nas empresas Pag!, Wine e Vale se uniram para lançar a nova fintech.

INVESTIMENTOS
EqSeed realiza workshop em Porto Alegre

Empresa quer apresentar a plataforma para startups que buscam as primeiras rodadas de R$ 5 milhões.

PIONEIRA
Resale realiza saída total de investidores de crowdfunding

A operação foi concretizada em maio, quando o BTG Pactual adquiriu 65% do controle da startup.

TENDÊNCIA
Como a cultura aberta pode ajudar o Open Banking

A novidade exige que as organizações interessadas melhorem suas capacidades técnicas.

CARREIRA
Martins troca Banco Renner por Midway

Midway Financeira está em processo de conversão em uma fintech. 

EXPERIÊNCIA
Usuário acha cadastro de bancos digitais ruim

Milhões de reais foram gastos, mas os potenciais clientes não estão muito impressionados.