A porto-alegrense Ilegra está por trás da transmissão dos Jogos Olímpicos pelos 36 canais simultâneos do portal Terra Networks.

Focada em banco de dados, a empresa é responsável por manter a disponibilidade e a performance da transmissão para uma audiência total estimada em 100 milhões de internautas até o próximo dia 12, encerramento dos Jogos de Londres.

Segundo Gediel Luchetta, conselheiro e account manager da Ilegra, a empresa está otimizando todo acesso à camada de banco de dados.

“Isso é feito para garantir que as informações necessárias de autenticação de usuários, publicação de notícias, acesso aos vídeos e as transmissões sejam fornecidas de forma ininterrupta (24x7), performática e com segurança”, completa Luchetta.

O Portal Terra é cliente Ilegra desde 2004, e conta com os serviços de administração, suporte e consultoria para toda sua camada de banco de dados latino-americana.

A Ilegra fechou o segundo trimestre do ano com um faturamento de R$ 3,51 milhões, alta de 27% frente ao mesmo período do ano anterior.

Até junho, a empresa faturou R$ 6,9 milhões, o que representa 45% da meta de R$ 15 milhões estabelecidos para o ano. Os projetos no exterior representam 37,3% do faturamento no período.

No trimestre, a empresa fechou seis clientes no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.