Sistemas da Copel passaram por um ajuste fino. Foto: Divulgação.

A Qintess aprimorou o software, configurações e ajustes específicos do sistema de comunicação de dados entre a Companhia Paranaense de Energia e o Tribunal de Contas do Estado.

O projeto durou três meses envolveu mais de 200 tópicos visando melhorar o desempenho da aplicação pelo qual o sistema de gestão SAP da Copel se comunica com os sistemas do TCE-PR. A meta era reduzir a demanda por ações manuais durante o processo.

“Este projeto marca mais um passo na transformação digital de nossa operação, que tem o compromisso de ser cada vez mais inteligente e assertiva. As melhorias nas funcionalidades do ERP utilizado na área de suprimentos e logística nos ajudará a ser mais rápidos e eficientes”, diz Anelise Prado, gestora de TI da Copel. 

O aprimoramento do sistema traz agilidade e reduz o risco de possíveis penalizações por erros na transferência dos dados, além de liberar capital humano para tarefas mais estratégicas e importantes para o dia a dia da companhia. 

A Qintess é fornecedora da Copel, com atendimento com time presencial e serviços remotos de gerenciamento de aplicações (AMS, na sigla em inglês), desde 2012, quando ainda se chamava Resource.

A empresa é resultado da compra da Resource pelo grupo dono da Cimcorp, negócio fechado em junho de 2019, com a adoção do nome Qintess em maio.

A Resource fechou 2018 com um faturamento de R$ 470 milhões, um crescimento de 20% em relação a 2017. São mais de 300 clientes, 2,5 mil funcionários e boa penetração entre multinacionais e bancos.

A Cimcorp foi uma companhia com atuação destacada no começo dos anos 2000 e mais discreta ao longo da última década.

De todas formas, a Cimcorp afirmava estar entre os 10 maiores integradores do país e em 2014 comprou os negócios das empresas Damovo, Getronics e Sopho no Brasil, atuando com soluções em network, data center, cloud computing, comunicações unificadas e workspace management. 

A Resource, por outro lado, tem feito uma aposta em transformação digital, com um portfólio que incluindo inteligência artificial com Watson da IBM, robotização de atendimento, tecnologias de IoT no mundo de agricultura e uma prática SAP em alta.