DA MÍDIA PARA OS NEGÓCIOS

AD Digital mira TI corporativa

09/07/2015 17:17

Hugo Nascimento, Sonia Poloni, Hugo Carvalho, Daniela Souza e Jorge Hassen. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A AD Digital, empresa com cerca de 20 anos de atuação no infraestrutura para o segmento de mídia e televisão, reestruturou seus negócios em 2015, de olho em levar sua expertise para outros segmentos, assim como agregar novos produtos e ofertas de TI corporativa.

A mudança envolveu a criação de três novas unidades de negócios para a companhia: ao lado da já existente unidade de Mídia, a empresa agregou os departamentos de Cloud, Professional Services e Tecnologia da Informação.

Segundo a diretora de marketing da companhia, Sonia Poloni, a guinada partiu de uma própria demanda dos clientes, que estabeleciam relações de confiança com a empresa e solicitavam outras soluções que não faziam parte do portfólio.

"Vemos um grande potencial com esta expansão, tanto em levar novas ofertas para nossos clientes de mídia, até levar funcionalidades referentes à nossa expertise para outros setores", afirma a diretora.

De acordo com Poloni, essencialmente a empresa atuava mais na area de engenharia e workflow de producao com emissoras e produtoras de conteúdo, como câmeras, ilha de edicao, entrega de sinal, com clientes como RBS, Terra, Gazeta-ES, Globosat, entre outros.

Com a ampliação de portfólio, a empresa prevê alcançar um faturamento de R$ 150 milhões até 2017. Para ter uma ideia do crescimento estimado pela empresa paulista, a unidade de Mídia tem uma receita estimada de R$ 52 milhões em 2015.

De acordo com a executiva, a ampliação do portfólio visa os mercados de educação, saúde, corporativo e governo. Para Poloni, segmentos como saúde e educação tem um demanda por recursos de mídia, uma área em que a AD Digital é expert.

"São recursos de conteúdos online para EaD, por exemplo, ou de telemedicina, que podem ser implementados com a nossa consultoria. Soluções de telepresença, no caso de empresas maiores, também são uma oportunidade", afirmou a diretora.

A mudança da empresa também se refletiu no quadro de executivos. A companhia contratou Jorge Hassen como o novo CEO da empresa. Antes de assumir o comando da AD Digital, ele foi VP de plataformas da Sonda IT, cargo que recebeu após sua empresa, a Telsinc, ser comprada pela multinacional de TI em 1996.

Hassen responde interinamente pela unidade de TI, que oferecerá soluções de infraestrutura, conectividade, mobilidade, data center, comunicação unificada, servidores, storage, IPTV, entre outros.

Segundo Poloni, a chegada de Hassan reflete claramente o foco da empresa em se posicionar como uma integradora de TI em diversas frentes da infraestrutura, como redes, data center, telefonia, entre outros.

"Temos nosso DNA referente ao mercado de mídia, mas queremos nos estabelecer como uma parceira de TI em diversas instâncias dos negócios dos clientes, de acordo com a demana", afirmou a executiva.

Para o setor de Tecnologia, Hugo Nascimento entrou no time da AD em fevereiro, trazendo experiência como engenheiro de soluções na Cisco, participando no desenho e implantação de projetos em redes de TV dentro e fora do Brasil, além de Headend para operadoras de Pay-TV (CABO, MMDS, IPTV e DTH).

Responsável pela parte de serviços, Hugo Carvalho teve passagens pela Telsinc e Sonda IT, na qual ele foi o Diretor de Entrega. Na AD Digital, cuidará do design da solução, gestão de projetos, instalação, suporte, manutenção até a operação.

A área de Cloud será gerenciada por Sonia Poloni, atual diretora de marketing da AD-Digital, que trabalha na Companhia desde 2011. A unidade de vídeo e entretenimento permanece sobre a alçada de Daniela Souza, Diretora Executiva da AD Digital.

O projeto de expansão também envolveu investimentos na parte de equipe, em que a empresa deve fechar o ano com cerca de 50 colaboradores, entre os que ficam na sede administrativa da empresa em São Paulo e as equipes que implementam os projetos em todo o país.

"Como estamos também oferecendo novos tipos de serviços e aplicações, também tivemos que agregar novas marcas à nossa carteira. Inclusive reforçamos nossa parceria com a Cisco, fator evidente com a chegada do Hugo Nascimento", afirmou Poloni.

Veja também

SUPPLY CHAIN
Seal abre filial em São José do Rio Preto

José de Andrade Carvalho Neto, gerente de Negócios da Seal, vai liderar a nova operação.

FISCO
Sonda IT: R$ 3 mi em contratos para SPED

Empresas como P&G, Lear, CBC Indústrias Pesadas e Adubos Araguaia usam a solução.

FINANCEIRO
Accesstage foca crédito consignado

O objetivo da Movats é fechar 2015 com um faturamento de R$ 6 milhões. 

SERVIÇO
Oracle: SaaS não existe sem o canal

Veja qual será o papel dos parceiros na nova Oracle voltada para a nuvem.

OLHOS
Cerpo: renovação com Teltec

Projeto envolve virtualização de desktops, contact center, telefonia IP, redes, videoconferência e educação à distância.

IMPRESSÃO
Konica Minolta vende Fluig

A empresa criará uma nova divisão de serviços de software com o objetivo de ofertar a plataforma da Totvs.